segunda-feira 22 de julho de 2024
Home / LAURO DE FREITAS / Vereadores do Cidadania de Lauro de Freitas reagem a intervenção da executiva estadual
sexta-feira 13 de setembro de 2019 às 12:35h

Vereadores do Cidadania de Lauro de Freitas reagem a intervenção da executiva estadual

LAURO DE FREITAS, RMS


A demora por parte da Executiva Nacional do Cidadania (ex-PPS) em se posicionar quanto a recente intervenção da executiva estadual da Bahia, que impôs uma comissão provisória no município de Lauro de Freitas, atropelando lideranças locais, dentre elas os dois vereadores do Partido, acende uma luz amarela para a sigla de Roberto Freire, presidente nacional da legenda.

“Fui eleito pelo PPS, hoje Cidadania, e exijo respeito.”, reclama o vereador Coca Branco. “Formamos um grupo forte e fomos golpeados por Joceval Rodrigues que, em Salvador, perdeu a confiança do prefeito ACM Neto e agora tenta encontrar refúgio em Lauro de Freitas. Não nos sentimos representados pela comissão imposta por ele”, reforçou o edil.

Vereadores Coca Branco e Tito Coelho, Marcelo Abreu ex-presidente municipal do PPS e Mateus Reis, ex-vereador

“Convidamos o vereador Rosalvo para o Cidadania que, antes mesmo de nos responder positivamente, já está nos apoiando quanto ao fortalecimento do Partido em nossa cidade. Indicamos nomes para uma comissão e fomos surpreendidos com outra, imposta pela Estadual”, declarou o vereador Tito Coelho, também do Cidadania.

A situação curiosa é que o Partido, em Lauro de Freitas, tem dois vereadores, um da base e outro da oposição. O convite feito ao vereador Antônio Rosalvo, presidente da Câmara de Vereadores, parece ter dado um novo direcionamento ao Cidadania através da formação de uma comissão provisória composta por nomes indicados pelos três vereadores.

“A nossa articulação chamou a atenção”, diz Rosalvo. “Estamos conseguindo agregar os bons quadros já existentes e pretendemos ir adiante, respeitando as opiniões contrárias porém complementares”, afirma.

O Cidadania reúne ainda o ex-prefeito Marcelo Abreu e Mateus Reis, primeiro suplente de deputado estadual.

Na segunda-feira (9), um representante do grupo esteve em Brasília e entregou documentos a membros da Nacional. A ata da reunião que formalizou a comissão defendida pelos três vereadores e impressos com notícias veiculadas na cidade fizeram parte do pacote.

O grupo do Cidadania em Lauro de Freitas espera que o presidente Roberto Freire nomeie a comissão proposta pelos vereadores o quanto antes para evitar novos desgastes, tanto para o Partido como para o presidente estadual, que contou com o apoio de filiados na última eleição, quando concorreu ao cargo de deputado federal em “dobradinha” com Mateus Reis.

Veja também

PMs de Lauro de Freitas, Salvador e outras cidades são alvos de operação da PF por suspeita de venda de armas e munições ilegais para facções

Policiais militares da Bahia e Pernambuco, CACs e lojistas são alvos de uma operação da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!