domingo 16 de janeiro de 2022
Home / NOTÍCIAS / Previdência Complementar de Salvador é apresentada em evento nacional
segunda-feira 29 de novembro de 2021 às 18:33h

Previdência Complementar de Salvador é apresentada em evento nacional

NOTÍCIAS


O Regime de Previdência Complementar (RPC) da Prefeitura de Salvador será apresentado no 1º Seminário de Previdência Municipal – Sustentabilidade dos Regimes Próprios e Previdência Complementar. Organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), o evento acontece nesta segunda (29) e terça-feira (30), na sede da entidade, em Brasília.

A apresentação será feita por Daniel Ribeiro, diretor de Previdência da Secretaria Municipal de Gestão (Semge). A palestra, intitulada “Implementação do RPC em seu Município – Caso Concreto de Salvador”, acontece no segundo dia do evento, das 9h às 11h30.

Daniel explica que a Prefeitura de Salvador foi a primeira a implantar o RPC de acordo com os moldes indicados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, o que começou a ser feito em novembro de 2020. Em função do pioneirismo, a Prefeitura tem prestado consultoria a outras cidades e estados do país que desejam replicar este regime, como as cidades de Belo Horizonte, Manaus, Recife e Goiânia.

Ele acrescenta que o RPC incrementa a aposentadoria dos servidores municipais, sem extinguir o Regime Próprio de Previdência Social do Município de Salvador (RPPS). A medida traz vantagens relevantes para os servidores que aderirem, bem como para as contas públicas da gestão municipal.

“É um regime de capitalização, conta individualizada, transparente e maduro no Brasil. O servidor municipal pode aderir com um valor a partir de R$5,50 ou 0,5% do salário mínimo, até um teto de 8,5% da sua base de contribuição. A grande contrapartida é que a Prefeitura coloca o mesmo valor que o servidor na conta dele, o que dá um rendimento de 100%”, elucida Daniel.

O diretor também observa que a medida é importante para fins de sustentabilidade financeira, porque reduz os gastos do regime próprio com pagamento de benefícios, motivo pelo qual a Prefeitura planeja que ao menos mil servidores possam aderir ao RPC nos próximos quatro anos.

Veja também

Um economista progressista debate com os neoliberais

Aqui está uma entrevista com Guilherme Santos Mello. É formado pela PUC-SP, ,cientista social pela …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um dos maiores formadores de líderes empresariais do mundo nasceu no Brasil

error: Content is protected !!