quinta-feira 9 de dezembro de 2021
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Home / DESTAQUE / Ministros do STF devem confirmar abertura de CPI da Pandemia, devido pressão de Bolsonaro
segunda-feira 12 de abril de 2021 às 06:31h

Ministros do STF devem confirmar abertura de CPI da Pandemia, devido pressão de Bolsonaro

DESTAQUE, JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Sob forte pressão do presidente Jair Bolsonaro, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) indica conforme a coluna de Bela Megale, que irão manterá a decisão do colega Luís Roberto Barroso sobre a instalação da CPI da Pandemia. Magistrados ouvidos pela coluna avaliam que a conversa feita por telefone entre o presidente e o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), a qual foi tornada pública ontem pelo parlamentar, deixou mais evidente o medo de Bolsonaro da investigação que será aberta para analisar omissões do governo federal no combate à Covid-19.

Na conversa, Bolsonaro sugeriu a Kajuru que entre com pedidos de impeachment contra ministros do STF. O presidente sugeriu ao senador que a abertura desses processos teria o poder de segurar a CPI da Pandemia, ou seja, de intimidar os ministros da suprema corte.

Apesar da pressão de Bolsonaro, os magistrados vão confirmar a liminar de Barroso durante sessão do plenário, marcada para quarta-feira, por videoconferência.

A avaliação de ministros ouvidos pela coluna é a de que a divulgação da conversa com o senador acabou por ter um efeito contrário ao que esperava Bolsonaro. Neste momento, qualquer recuo de ministros do STF significaria ceder à intimidação que o presidente tenta exercer sobre a corte.

– Você tem de fazer do limão uma limonada. Tem de peticionar o Supremo para colocar em pauta impeachment (de ministros) também. – disse Bolsonaro. – Sabe o que eu acho que vai acontecer? Eles vão recuperar tudo. Não tem CPI… não tem investigação de ninguém no Supremo – emendou o presidente.

Veja também

AL-BA: Adolfo Menezes confirma que reajuste do funcionalismo será votado

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes (PSD), disse que o Legislativo apreciará …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!