quarta-feira 18 de maio de 2022
Home / POLÍTICA / Marina diz que rivais na corrida presidencial representam extremismo

Marina diz que rivais na corrida presidencial representam extremismo

quarta-feira 8 de agosto de 2018 às 09:11h

Em seu primeiro evento após ter sido oficializada candidata à Presidência da República, Marina Silva (Rede) classificou seus principais adversários de extremistas.

“Discursos extremistas que prometem saídas fáceis para uma crise complexa crescem na sociedade brasileira, alimentando-se de nossa insegurança e de nossa revolta. Já vimos esse filme antes e sabemos como ele acaba”, disse.

Num primeiro momento, Marina não especificou a quem se referia ao falar de extremos. Mas listou seus principais adversários ao ser questionada em entrevista coletiva.

“Quando eu digo extremos que não respeitam a democracia e têm saudosismo da ditadura, eu estou me referindo ao candidato [Jair] Bolsonaro, sem sombra de dúvida. Quando eu digo que tem os extremos que não reconhecem os graves problemas de corrupção que têm atingido os grandes partidos, eu estou me referindo aos grandes partidos da polarização, PT, MDB, PSDB.”

Veja também

Em negociação com MDB, PSDB deve consolidar posição desfavorável a Doria

Em um novo capítulo da crise interna do PSDB, a Executiva Nacional do partido se …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!