sexta-feira 3 de dezembro de 2021
Foto: Ascom/SDE
Home / DESTAQUE / Governo da Bahia destaca os 100 mil empregos gerados em 2021 e líder no Nordeste
quarta-feira 27 de outubro de 2021 às 10:45h

Governo da Bahia destaca os 100 mil empregos gerados em 2021 e líder no Nordeste

DESTAQUE, EMPREGOS, NOTÍCIAS


“Com o saldo da geração de postos de trabalho em setembro, superamos os 100 mil empregos gerados este ano, o que nos mantém na liderança no Nordeste. Ainda que as coisas não aconteçam na velocidade que gostaríamos que acontecesse, precisamos reconhecer a constante evolução da nossa economia”. A avaliação do vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, que cumpre agenda institucional em Paris, é referente às 109.999 novas vagas de empregos formais geradas pela Bahia nos nove primeiros meses do ano, resultado alcançado com a soma dos 11.345 postos com carteira assinada criados em setembro.

Com o saldo de setembro, o estado passou a contar com 1.813.774 vínculos celetistas ativos, aumento de 6,46% em relação ao total de vínculos celetistas do início do ano. Em termos de saldo acumulado no ano, a unidade federativa baiana continuou à frente das demais do Nordeste, com Ceará (+75.376 postos) e Pernambuco (+70.500 postos) na segunda e terceira posições, respectivamente. O crescimento do emprego celetista também foi observado no Brasil e no Nordeste no acumulado de janeiro a setembro, com 2.512.937 e 393.628 novas vagas, respectivamente.

“É um quadro otimista, que revela o crescimento coordenado das diversas áreas econômicas no estado. Mesmo com a redução do ritmo em setembro, a Bahia segue como principal polo regional de geração de emprega na análise dos nove primeiros meses do ano”, destaca o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães.

Dos cinco grandes setores de atividade econômica, todos apresentaram saldo positivo em setembro de 2021 na Bahia: Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (+3.656 vagas), Serviços (+3.243 postos), Indústria geral (+3.070 postos), Construção (+803 postos) e Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (+573 postos).

De responsabilidade do Ministério do Trabalho e Previdência, os dados do emprego formal foram sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia (Seplan).

Veja também

‘Não deixarei de contribuir com o país’, diz Eduardo Leite sobre o futuro

Depois de perder as prévias do PSDB para João Doria, o governador do Rio Grande …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!