sexta-feira 19 de julho de 2024
Foto: Gov. SP/ Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Executiva nacional do PSDB anula eleição em São Paulo, de novo
sábado 9 de março de 2024 às 18:09h

Executiva nacional do PSDB anula eleição em São Paulo, de novo

NOTÍCIAS, POLÍTICA


Em uma crise que não aparenta ter fim, a executiva nacional do PSDB anulou a eleição que havia definido o ex-deputado Marco Vinholi como presidente do diretório estadual do partido em São Paulo.

A decisão foi tomada em reunião com 30 membros da cúpula na noite desta sexta-feira, 8 de março.

A oposição a Vinholi, encabeçada pelo ex-presidente estadual da sigla, o prefeito de Santo André, Paulo Serra, alega que membros do diretório estadual não haviam sido informados da reunião virtual que elegeu o agora presidente cassado.

Uma nota atribuída a Serra circulou no WhatsaApp dizendo que o encontro teria sido “cancelado por motivo técnicos”.

Ligado ao grupo político de Eduardo Leite, Serra propôs que a decisão sobre a liderança do partido fosse adiada pela terceira vez, mas a proposta foi rejeitada pela maioria.

Marco Vinholi pertence ao grupo político do PSDB que era ligado ao ex-governador João Doria, adversário de Leite no partido.

O PSDB vive uma crise em São Paulo.

Nos últimos três anos, o partido perdeu 139 prefeituras, indo de 180 a 41, enquanto se viu ultrapassado pelo PSD, como principal força territorial no estado, hoje com 329 prefeituras.

Em outubro, o então presidente nacional do PSDB, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, suspendeu nas eleições do diretório estadual do partido.

Ele alegou “manifestações de importantes lideranças partidárias”, dentre elas o ex-senador José Serra, preocupadas com o fraco desempenho do partido no estado e “a total ausência da mobilização partidária necessária à realização das convenções agregadoras e democráticas”.

A articulação de Aécio Neves em São Paulo

O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) se reuniu com dirigentes tucanos na cidade de São Paulo em 17 de janeiro.

Na reunião, Aécio defendeu que o partido tenha um candidato próprio nas eleições municipais na capital paulista, que ocorrem em outubro.

Estavam presentes no encontro o presidente da Executiva Nacional do partido, Marconi Perillo, e o presidente do diretório paulista e prefeito de Santo André, Paulo Serra, e o ex-senador José Aníbal.

Veja também

Histórico de navegação de atirador gera nova teoria sobre atentado a Trump

O agressor que tentou assassinar o ex-presidente americano Donald Trump durante um comício eleitoral na …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!