quarta-feira 29 de junho de 2022
Foto: Divulgação/Fundação Carlos Chagas
Home / DESTAQUE / Direita cresce e tem um em cada três eleitores no Brasil
segunda-feira 18 de abril de 2022 às 11:50h

Direita cresce e tem um em cada três eleitores no Brasil

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o candidato preferencial dos eleitores que se consideram “de centro”, mas este setor perdeu espaço para a direita nos últimos 8 meses. A informação é de pesquisa PoderData realizada de 10 a 12 de abril de 2022.

Se a eleição fosse realizada só com os centristas, Lula seria eleito no 1º turno com 46% dos votos totais, número que supera a soma dos oponentes neste segmento –outros 16% votariam em Jair Bolsonaro (PL). Entretanto, essa corrente hoje representa só 17% do eleitorado, uma queda de 8 pontos percentuais em comparação a agosto de 2021. A direta corresponde a 33%.

Para obter esse dado, o PoderData perguntou aos entrevistados sobre como se identificam politicamente e cruzou as respostas com as de intenção de voto. Esquerda, centro e os que não souberam como responder sobre sua inclinação política tendem a votar em Lula. Entre os direitistas, Bolsonaro tem melhor pontuação.

Quando o PoderData fez a pergunta pela 1ª vez, o eleitorado se dividia em 4 fatias de tamanho semelhante, com diferenças sempre dentro da margem de erro da pesquisa (2 pontos percentuais, para cima ou para baixo). Agora, a direita se sobressai, enquanto o centro ficou menor. Esquerda e o grupo dos que não souberam como responder ficaram estáveis.

Lula e Bolsonaro disputam eleição mais acirrada dos últimos tempos

O resultado indica migração do grupo centrista para o direitista. Isso ajuda a explicar a alta de Bolsonaro nas pesquisas de lá para cá: embora o presidente mantenha uma pontuação semelhante à de 8 meses atrás nos segmentos em que perde para Lula, o grupo em que é hegemônico aumentou. Em outras palavras, Bolsonaro cresceu, mas não avançou para além de seu segmento ideológico.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 10 a 12 de abril de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 322 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-00368/2022.

Para chegar a 3.000 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, são mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

2º TURNO

Os resultados em um eventual confronto direto entre Lula e Bolsonaro são mais um indicativo de polarização. Bolsonaro ganha por 81% a 14% na direita. Lula vence na esquerda (78% X 12%), no centro (59% X 16%) e entre os que não sabem como responder (52% X 22%).

Veja também

PT da Bahia informa que policiais farão de forma voluntária a segurança de Lula no 2 de julho

Com a confirmação de que Lula estará nas comemorações do 2 de Julho em Salvador, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!