sábado 21 de maio de 2022
Home / NOTÍCIAS / CBPM realiza entrega de prêmio CBPM de Mineração
sexta-feira 17 de dezembro de 2021 às 18:33h

CBPM realiza entrega de prêmio CBPM de Mineração

NOTÍCIAS


Evento realizado nesta sexta-feira (17) homenageou a Yamana Gold e seu vice-presidente Sandro Magalhães e contou com a presença do vice-governador João Leão

Um momento para celebrar! Assim foi a entrega do Prêmio CBPM de Mineração que aconteceu nesta sexta-feira (17), no auditório da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), situado no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O evento homenageou os ganhadores do ano, a Yamana Gold e o vice-presidente da empresa, Sandro Magalhães.

Além dos homenageados, a premiação contou com as participações ilustres do vice-governador João Leão, do chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento do Estado (SDE), Luiz Gugé, representando o secretário Nelson Leal, da presidente da Junta Comercial da Bahia (Juceb), Paula Miranda, do presidente da Mineração Caraíba, Manoel Valério, do diretor da Largo Inc., Luciano Chaves, e, representando Ferbasa, diretor de relações institucionais, Carlos Temporal e de superintendente de negócios José de Carvalho, neto do fundador da empresa (já falecido), além de diversos outros nomes da mineração baiana e do artista Bel Borba, responsável pela criação dos troféus.

A Yamana conquistou o prêmio por meio de eleição realizada no site da CBPM, durante o mês de novembro. A empresa recebeu 55% dos votos, em uma votação que superou a do ano anterior em 133,4%. Em 2021, a empresa, que é a terceira maior produtora de ouro do país, se destacou, dentre outras coisas, pelas ações socioambientais realizadas nas comunidades circunvizinhas, como por exemplo a implantação de internet de fibra óptica, reforma e reconstrução de casas, pavimentação asfáltica e doações para o combate ao covid-19. “Mesmo com todos os desafios que temos enfrentado ao longo dos últimos dois anos, conseguimos obter grandes avanços e conquistas. A Yamana possui programas muito intensos voltados à sustentabilidade do setor e, a cada ano, damos um grande passo para continuar trabalhando com alto desempenho, segurança e responsabilidade socioambiental. Nossas ações visam refletir um conjunto de valores que compartilhamos com nossos colaboradores e comunidades, incluindo honestidade, transparência e integridade”, ressaltou Sandro Magalhães, vice-presidente de Operações Brasil & Argentina da Jacobina Mineração Yamana Gold.

Durante a cerimônia, o vice-governador do estado, João Leão, aproveitou para prestar uma homenagem à CBPM e aos seus funcionários, devido ao aniversário da empresa, que neste sábado (18) completa 49 anos de fundação. O vice-governador também destacou a importância da mineração para a economia do estado. “A mineração é um segmento importantíssimo para o desenvolvimento econômico da Bahia. Até o início de dezembro arrecadamos mais de R$150 milhões, o que nos coloca em disputa acirrada pelo terceiro lugar no país em Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM). A Yamana Gold e todas as mineradoras em operação são responsáveis por este novo alavancamento do setor na Bahia”, destacou.

Durante o evento, o Chefe de Gabienete da SDE, Luiz Gugé, enfatizou a importância da mineração para o desenvolvimento econômico e social da Bahia e agradeceu as empresas que estão apoiando as ações para ajudar os desabrigados das chuvas que atingiram o estado. “Gostaria de parabenizar a CBPM pelo trabalho que vem sendo realizado e o ganhador do prêmio, a Yamana Gold. E, aproveitar o evento para agradecer as empresas que já fizeram doações para os desabrigados das chuvas do extremo sul, como a própria Yamana que doou 1.335 cestas básicas, e a Mineração Caraíba que doou 1.900 cestas básicas, e conclamar a outras empresas que também nos ajudem nessa campanha de solidariedade”, enfatizou.

O presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm, ficou muito feliz com a consolidação do Prêmio CBPM de Mineração, que chegou a sua terceira edição. Para ele, além da entrega do Prêmio, a cerimônia também representou o encerramento de um importante ano para a mineração da Bahia. “O prêmio CBPM é uma forma que encontramos para homenagear as mineradoras e personalidades do setor, por tudo que eles fizeram e os impactos positivos que eles trouxeram para a mineração na Bahia esses anos. Temos muitas empresas e personalidades que seriam merecedoras desse prêmio, mas a vitória da Yamana e do Sandro foram mais do que justas”, destaca Tramm.

O evento contou ainda com a presença de representantes da área de Meio Ambiente e Comunidade, da Mineração Caraíba e de participantes do Projeto Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura, desenvolvido pela instituição. Durante o evento eles apresentarão o projeto e também a venda de diversos produtos como queijos, iogurtes, biscoitos, doces e artesanatos que são produzidos pela cooperativa.

Prêmio CBPM De Mineração

Criado em 2019, o prêmio CBPM de Mineração visa reconhecer as ações de destaque das mineradoras baianas e pessoas, que de alguma forma, fizeram a diferença para a mineração do estado esse ano. Em seu primeiro ano, o destaque foi para o empresário e fundador da Companhia de Ferro Ligas da Bahia (Ferbasa), José Corgosinho de Carvalho Filho. Corgosinho foi homenageado por toda sua trajetória de sucesso. Além de ter concebido e construído, na Bahia, uma das mais importantes empresas na área de mineração, metalurgia e reflorestamento do país, o empresário teve também grande atuação na área social, através da Fundação José Carvalho. Radicado na Bahia desde 1960, o fundador da Ferbasa faleceu em 2015, aos 84 anos.

Já no ano passado as premiações foram para a Mineração Caraíba e seu diretor Manoel Valério. A empresa, que há cinco anos teve a sua principal mina alagada e quase fechou, teve uma excelente recuperação. Em 2020, ela movimentou mais de R$ 1 bilhão, manteve 3000 empregos e investiu em pesquisa. A impressionante recuperação econômica, aliada a uma forte presença socioambiental na comunidade foram diferenciais para a conquista do prêmio. Já a realização de ações que geraram a melhoria no ambiente de trabalho e da mineração como um todo foram alguns dos motivos que levaram Manoel Valério a conquistar o título.

Veja também

Virologista se diz preocupado com a chegada no Brasil da ‘varíola do macaco’

Na última semana, o mundo tem acompanhado um crescimento rápido de casos da varíola símia, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!