sábado 13 de julho de 2024
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em evento na Agrishow, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo; ele foi internado com erisipela e está no hospital Vila Nova Star, na capital paulista - Foto: Miguel Schincariol - 1º.mai.23/AFP
Home / NOTÍCIAS / Bolsonaro cancela todas as agendas de maio após ser internado em São Paulo
quarta-feira 8 de maio de 2024 às 06:20h

Bolsonaro cancela todas as agendas de maio após ser internado em São Paulo

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou todas as agendas de maio, inclusive com pré-candidatos por ele apoiados, após ser internado em São Paulo com um quadro de erisipela e uma nova obstrução intestinal.

A informação foi confirmada a Caíque Alencar, da Folhapress, pelo advogado Fabio Wajngarten. Alguns compromissos do ex-presidente começariam nesta terça-feira (7), quando ele desembarcaria em Belém para eventos com o delegado Éder Mauro (PL-PA), deputado federal e pré-candidato na capital paraense.

Havia, ainda, previsão de que Bolsonaro participasse de ato no sábado (11) para lançar o nome de Bruno Engler (PL) na corrida à Prefeitura de Belo Horizonte. Em vídeo nas redes sociais, Engler disse que uma nova data para o evento vai ser definida.

Também estavam previstas viagens ao Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte.

O ex-mandatário deu entrada no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na noite desta segunda-feira (6), após transferência de Manaus, onde foi internado no domingo (5) e estava em razão de um evento de campanha para a pré-candidatura do deputado federal Alberto Neto (PL-AM) à capital amazonense.

Já na sexta-feira (3) Bolsonaro embarcou em voo para a cidade sentindo desconforto, mas só procurou atendimento no dia seguinte.

Boletim médico indica diagnóstico de erisipela no membro inferior esquerdo e dor abdominal. Bolsonaro está estável, será submetido a exames laboratoriais e de imagem, e está recebendo antibioticoterapia endovenosa, diz boletim médico.

O hospital informou também que ele está sem febre e aos cuidados do cirurgião Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e do cardiologista Leandro Echenique.

O plano inicial era que Bolsonaro fosse transferido para Brasília. A mudança de planos foi feita após exames diagnosticarem uma nova obstrução no ex-presidente durante a madrugada, segundo Wajngarten.

Desde quando foi alvo de uma facada em setembro de 2018, durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), Bolsonaro sempre foi tratado sobre o caso no Vila Nova Star.

Não é a primeira vez que o ex-presidente enfrenta episódio de infecção de pele. Em novembro de 2022, ele cancelou agendas pelo mesmo problema. À época, o então vice-presidente Hamilton Mourão disse que a doença impedia Bolsonaro de vestir calças.

Por ser uma infecção bacteriana, a erisipela é tratada com antibióticos. Dependendo da gravidade do quadro, os sinais de melhora começam a aparecer a partir de 48 horas do início da medicação.

Veja também

Jabes Ribeiro abre o jogo sobre futuro na disputa pela prefeitura de Ilhéus

Rumores sobre a possível retirada da pré-candidatura de Jabes Ribeiro (PP) para prefeitura de Ilhéus …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!