quarta-feira 24 de abril de 2024
Foto: Ashley Cooper / Getty Images
Home / Mundo / MUNDO / Turquia e Brasil seguem como principais importadores de diesel da Rússia
quarta-feira 3 de abril de 2024 às 10:28h

Turquia e Brasil seguem como principais importadores de diesel da Rússia

MUNDO, NOTÍCIAS


De acordo com dados de fontes do mercado e da LSEG, Turquia e Brasil seguem como os principais importadores de diesel e gasóleo da Rússia por via marítima. Esse posto foi atingido em 2023 e se mantém em 2024, após sanções da União Europeia que impedem a importação de produtos refinados russos.

O embargo total da UE, implementado em fevereiro de 2023, retirou a Europa como maior comprador da Rússia. Com isso, Brasil, Turquia, países da África, Ásia e Oriente Médio se tornaram os principais importadores.

Em março, as importações de diesel e gasóleo cresceram na Turquia. Segundo dados da LSEG, a Rússia exportou cerca de 1,47 milhão de tonelada para o país, após 1,2 milhão de toneladas no mês anterior. Esse número representa a maior exportação de diesel e gasóleo do país atualmente.

Já as importações brasileiras da Rússia caíram em março para cerca de 0,5 milhão de toneladas, ante 0,63 milhão de toneladas em fevereiro. Para os comerciantes, essa ligeira queda foi devido a uma redação sazonal da demanda.

Além disso, o Brasil apresentou um crescimento na importação de toneladas de diesel de outros países, como Argélia, Kuwait, Holanda e Eua, subindo de 0,45 milhão de toneladas em fevereiro, para 0,7 milhão em março, impactando as importações.

Apesar da queda de exportação em março, a Rússia segue sendo o principal exportador de diesel para o Brasil. Em 2022, antes do embargo da UE, o Brasil importava cerca 101 mil toneladas de diesel da Rússia. Já em 2023, importou 6,1 milhões de toneladas, representando um crescimento de 6.000% em relação ao ano anterior.

Em relação as exportações de diesel dos portos russos para os países africanos, também houve uma queda. Em fevereiro a Rússia havia exportado 0,84 milhão de toneladas para países como Líbia, Tunísia, Senegal, Gana e Egito. Em março, as exportações caíram para 0,73 milhão de tonelada de acordo com os dados de remessa.

No total, as exportações russas de diesel e gasóleo por via marítima caíram em março 4% em relação a fevereiro, para cerca de 3,6 milhões de toneladas, segundo cálculos da Reuters baseados em dados da LSEG e de fontes do mercado.

Veja também

Gol suspende transporte de pets em porão das aeronaves após morte de cachorro

A Gol suspendeu por 30 dias a partir desta quarta-feira (24) o serviço de transporte …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas