terça-feira 9 de agosto de 2022
Painéis solares flutuantes na Tailândia. Foto: Reprodução / CNN
Home / NEGÓCIOS / Tecnologia de painéis solares flutuantes potencializa a geração de energia na Bahia
terça-feira 10 de maio de 2022 às 19:51h

Tecnologia de painéis solares flutuantes potencializa a geração de energia na Bahia

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


O cenário desafiador enfrentado pelo setor elétrico, provocado pela crise hídrica em diversas regiões do país, vem impulsionando o desenvolvimento de soluções que aplicam novas tecnologias para atender a demanda crescente por energia barata, limpa e de fonte renovável. É o caso do Hydrelio®, estrutura flutuante produzida com resina da Braskem, que permite a instalação de painéis solares em reservatórios d’água, como hidrelétricas, proporcionando aumento de sua capacidade produtiva.

Desenvolvida pela Ciel et Terre, empresa francesa especializada na integração de sistemas fotovoltaicos e representada no Brasil pela Ciel et Terre Brasil Manunfactoring, a solução é pioneira no mercado mundial para usinas flutuantes de geração solar, sendo composta por painéis fotovoltaicos dispostos sobre flutuadores de polietileno de alta densidade da Braskem. No território brasileiro sua instalação é feita pela empresa Sunlution.

Além de hidrelétricas, os painéis solares sobre flutuadores podem ser instalados em outros tipos de superfícies de água, como lagos industriais e de retenção, reservatórios de irrigação e de água potável, estações de dessalinização e de tratamento de águas, açudes e canais de propriedades agrícolas e pecuárias. Essas aplicações passam a ser favorecidas com a aprovação, em novembro de 2021, da Resolução Normativa ANEEL nº 954, que regulamenta a implantação de Centrais Geradoras Híbridas e Associadas.

Atenta a esse cenário e buscando apoiar os parceiros no desenvolvimento do mercado nacional, a Braskem trabalhou não só na adequação da resina de polietileno, mas também na identificação de transformadores para a produção dos flutuadores no Brasil e na modelagem dos negócios para o mercado local.

“O papel da Braskem no desenvolvimento desta solução tem sido fundamental. A demanda inicial, que era definir uma resina que atendesse os requisitos técnicos para os flutuadores, tornou-se uma oportunidade de negócio de elevado potencial frente à gama de mercados em que o Hydrelio® pode ser viabilizado e empregado”, explica Jorge Alexandre Oliveira Alves da Silva, responsável por Desenvolvimento de Mercado de PE para construção civil e infraestrutura da companhia.

Caso de sucesso

Uma das empresas que já utilizam o Hydrelio® para geração de energia em suas operações é a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), subsidiária da Eletrobras e concessionária de um dos maiores sistemas de geração e transmissão de energia elétrica do Brasil. A instalação de um sistema de energia solar flutuante na usina hidrelétrica que a Chesf possui em Sobradinho, Norte da Bahia e ocorreu em 2018, aumentando a produtividade local, chegando a 1 Megawatt-pico (MWp).

“Apostamos em caminhos inovadores e sustentáveis, tendo o modelo de geração de energia híbrida como forma de potencializar o mercado energético nacional, que vem passando por um período transitório”, explica José Bione de Melo Filho, gerente do Departamento de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Chesf”.

Veja também

Estou com sintomas de varíola do macaco, o que devo fazer?

Agência Adventista lança campanha de orientação sobre doença No último dia 23 de julho, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!