terça-feira 16 de julho de 2024
Foto: Reprodução/Bom Sucesso
Home / NEGÓCIOS / Soja, celulose, algodão e equipamentos de energia eólica são principais produtos exportados pela Bahia e China maior comprador
quarta-feira 27 de janeiro de 2021 às 05:45h

Soja, celulose, algodão e equipamentos de energia eólica são principais produtos exportados pela Bahia e China maior comprador

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


Acompanhando a desaceleração da economia em escala mundial, devido aos impactos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Bahia registrou queda nas exportações de 4% em 2020, com relação ao desempenho registrado no ano anterior conforme o jornal A Tarde.

Foram US$ 7,8 milhões a menos na movimentação financeira, segundo dados divulgados pela Gerência de Estudos Técnicos da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb).

Os números correspondem à publicação Relatório de Acompanhamento do Comércio Exterior da Bahia (Raceb), produzida por técnicos especializados da equipe de colaboradores da Fieb.

“A queda das exportações da Bahia foi menor que a média do país, devido a concentração em produtos industrializados, como o óleo combustível”, explicou o especialista em desenvolvimento industrial da Fieb, Carlos Peres.

Principais produtos

Soja, óleo combustível, celulose em pasta, algodão, bulhão dourado, bagaços de soja, celulose para dissolução, equipamentos de energia eólica, automóveis e manteiga de cacau foram os principais produtos exportados.

A China foi o principal país de destino dos produtos fabricados no nosso estado, alcançando quase 30% do total, muito distante da segunda colocada, Cingapura, com 13%, Estados Unidos, Argentina e Suíça.

Em 2020, a Bahia ficou em 10º lugar no ranking de exportações brasileiras, com participação de 3,6%, mas se computados apenas os dados da região Nordeste, o estado foi responsável por exatamente a metade do valor exportado pela região.

Veja também

PL Salvador inicia encontros com pré-candidatas a vereadoras

Em meio à queda no número de pré-candidatos à prefeitura, o PL Salvador decidiu investir …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!