sábado 24 de fevereiro de 2024
O ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida — Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Home / JUSTIÇA / Silvio Almeida ameaça processar deputado por ‘insinuações criminosas’
quarta-feira 6 de dezembro de 2023 às 07:51h

Silvio Almeida ameaça processar deputado por ‘insinuações criminosas’

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, afirmou durante audiência na Câmara dos Deputados nesta última terça-feira (5) que entrará com um processo contra o deputado Marcos Pollon (PL-MS) por associá-lo ao Comando Vermelho. O chefe da Pasta afirmou que o deputado fez uma ‘insinuação criminosa’, após o parlamentar ter questionado se Silvio teria ligação com a organização criminosa antes ou depois de entrar no governo. Por conta do comentário, o ministro foi à Casa prestar esclarecimentos sobre a participação de Luciane Barbosa Farias, ‘a dama do tráfico do Amazonas’.

A audiência da última terça-feira atendeu a 14 diferentes requerimentos parlamentares para esclarecer a a participação de Luciane Barbosa Farias em evento promovido pelo ministério. Luciane é casada com Clemilson dos Santos Farias, o Tio Patinhas, condenado a 31 anos de prisão.

“Vossa Excelência faz uma pergunta que insinua uma vinculação minha como advogado ao Comando Vermelho. O que o senhor está fazendo agora, o senhor está fazendo uma insinuação caluniosa e difamatória”, rebateu Almeida ao ser questionado por Pollon. O ministro também afirmou que “[Pollon] sendo um advogado experiente, sabe muito bem que esse tipo de pergunta traz embutida um tipo de insinuação que é criminosa.”

A presidente da Comissão de Fiscalização e Controle, deputada federal Bia Kicis (PL-DF), saiu em defesa o colega parlamentar e justificou que parlamentares possuem ‘imunidade’ para perguntar o que bem entenderem. “Nós temos imunidade parlamentar para perguntar. Somos absolutamente imunes. Aqueles que querem relativizar a nossa imunidade, nós iremos nos unir contra isso. Aqui não houve cometimento de crime algum”.

Veja também

STF autoriza inquérito para investigar deputado que chamou Lula de “ladrão” e “corrupto”

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta última sexta-feira (23) segundo a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Advertisement

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas