quarta-feira 17 de abril de 2024
Foto: Divulgação
Home / Mundo / MUNDO / Irã promete resposta dura a Israel após ataque ao consulado em Damasco
segunda-feira 1 de abril de 2024 às 19:03h

Irã promete resposta dura a Israel após ataque ao consulado em Damasco

MUNDO, NOTÍCIAS


O embaixador do Irã na Síria, Hossein Akbari, declarou nesta segunda-feira (1º) que Teerã responderá com “rigor” a Israel pelo ataque contra o consulado iraniano em Damasco, que resultou em pelo menos cinco mortes, incluindo um general da Guarda Revolucionária.

“A regime sionista (Israel) age contra as leis internacionais e receberá uma resposta dura de nossa parte”, disse Akbari em declarações à televisão estatal iraniana de Damasco.

O diplomata testemunhou o ataque ao consulado da janela da embaixada iraniana, que, segundo ele, foi realizado com caças F-35.

O ministro das Relações Exteriores sírio, Faisal al Miqdad, expressou nesta segunda-feira o apoio da Síria ao Irã após o ataque. Segundo um comunicado da agência de notícias oficial síria SANA, o ministro das Relações Exteriores sírio telefonou para seu homólogo iraniano, Hossein Amir Abdollahian, com quem compartilhou a “firme condenação da Síria à agressão fascista israelense” contra o edifício do consulado iraniano na capital síria.

Al Miqdad considerou que este ataque é consequência do “miserável fracasso” de Israel na guerra contra o povo palestino da Faixa de Gaza e reiterou que o Estado judeu “não poderá influenciar nas relações entre Irã e Síria”.

Até o momento, o ataque ao consulado iraniano em Damasco deixou oito mortos, incluindo um general da Brigada da Guarda Revolucionária iraniana, Mohammad Reza Zahedi, de acordo com várias ONGs e meios de comunicação sírios e iranianos.

Akbari, que saiu ileso do ataque, disse à televisão estatal iraniana que “entre cinco e sete pessoas morreram. Não podemos dar um número exato até que os escombros sejam removidos”, disse ele na televisão estatal iraniana de Damasco.

Uma fonte militar não identificada disse à agência oficial de notícias síria SANA que o ataque do “inimigo israelense” ao edifício do consulado iraniano em Damasco “destruiu completamente o prédio e atingiu todos os presentes”, o que resultou em “mortes e feridos” dentro do consulado, sem dar mais detalhes.

Os ataques israelenses destruíram na segunda-feira o anexo consular da embaixada iraniana na Síria, matando e ferindo todos os presentes, segundo Damasco.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos, um grupo de monitoramento da guerra sediado na Grã-Bretanha, disse que oito pessoas morreram quando “mísseis israelenses… destruíram o prédio de um anexo da embaixada iraniana”.

Israel não fez comentários imediatos sobre o ataque mortal em Damasco, que ocorre em um momento de crescentes tensões devido à guerra em Gaza entre Israel e os militantes palestinos do Hamas e ao aumento da violência entre Israel e os aliados do Irã.

Jornalistas da AFP viram o prédio anexo desmoronado e os serviços de emergência correndo para ajudar os feridos e procurar vítimas sob os escombros, no distrito exclusivo de Mazzeh, em Damasco.

Os ataques em Damasco foram os quintos em oito dias na Síria, cujo presidente Bashar al-Assad conta com o apoio do Irã, o arqui-inimigo de Israel na região há muito tempo.

A SANA havia informado anteriormente que “nossos sistemas de defesa aérea enfrentaram alvos inimigos perto de Damasco”.

A agência de notícias iraniana Nour disse que “Hossein Akbari, embaixador da República Islâmica do Irã em Damasco, e sua família não ficaram feridos no ataque israelense”.

O embaixador afirmou mais tarde que “o ataque israelense ao consulado iraniano mostra a realidade da entidade sionista, que não reconhece nenhuma lei internacional e faz tudo que é desumano para alcançar seus objetivos”.

Akbari disse à televisão estatal iraniana que “pelo menos cinco pessoas morreram no ataque realizado por caças F35”.

Veja também

Governadores propõem IPCA mais 1% de juros para correção de dívidas

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), reuniu os governadores de São Paulo, Rio de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas