quinta-feira 30 de maio de 2024
Home / Mundo / MUNDO / Irã apreende navio ‘ligado a Israel’ em meio à escalada de tensão

Irã apreende navio ‘ligado a Israel’ em meio à escalada de tensão

Helicóptero da Guarda Revolucionária do Irã aborda navio MSC Aries perto do Estreito de Ormuz - Foto: Reprodução/AFP
sábado 13 de abril de 2024 às 12:59h

A Guarda Revolucionária do Irã afirmou ter apreendido neste sábado, 13, um navio de carga que seria “ligado a Israel” na região do Estreito de Ormuz. O anúncio ocorre dias depois de o governo iraniano ter ameaçado fechar a rota marítima e avisado que retaliaria um ataque supostamente israelense ao seu consulado na Síria.

De acordo com a agência de notícias estatal iraniana IRNA, um helicóptero das forças especiais da Marinha da Guarda abordou o navio, chamado MSC Aries, de bandeira portuguesa, e o levou para águas territoriais do Irã, com a suspeita de que a embarcação seria ligada a Israel.

À Reuters, a MSC confirmou que o Irã apreendeu o navio e disse que trabalha “com as autoridades competentes” para o seu regresso seguro e o bem-estar dos seus 25 tripulantes. Segundo a agência de notícias, a empresa aluga o Aries da Gortal Shipping, uma afiliada da Zodiac Maritime, que é de propriedade do empresário israelense Eyal Ofer.

O incidente ocorre em meio a uma escalada de tensão na região que teve início com os ataques israelenses em Gaza, em outubro de 2023, mas que se intensificou depois que autoridades iranianas passaram a acusar Israel de promover um bombardeio ao consulado do país na Síria. O ataque deixou um comandante e outros seis oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana mortos.

O governo israelense não assumiu a autoria, mas a possibilidade de uma retaliação levou os Estados Unidos a posicionar navios de guerra para proteger Israel. Por precaução, vários outros países, como França, Reino Unido, Alemanha e Rússia, passaram a orientar que seus cidadãos evitem a região. O presidente dos EUA, Joe Biden, disse nesta sexta, 12, que espera que o Irã ataque Israel “mais cedo ou mais tarde”.

Já o porta-voz militar de Israel, contra-almirante Daniel Hagari, disse que “o Irã sofrerá as consequências por escolher agravar ainda mais esta situação”, em resposta aos relatos da apreensão do MSC Aries. O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, acusou Teerã de pirataria.

Na terça-feira, o chefe naval da Guarda Revolucionária, Alireza Tangsiri, disse que poderia fechar o Estreito de Ormuz, que fica entre o Irã e os Emirados Árabes Unidos, se fosse considerado necessário.

Veja também

Ricardo Nunes confirma presença na Marcha para Jesus sem Boulos e Tabata, que vão na Parada do Orgulho LGBT+

Os pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo devem se dividir entre os principais eventos da agenda paulistana …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas