quinta-feira 22 de fevereiro de 2024
Plataforma de petróleo no Golfo do México — Foto: Divulgação
Home / Mundo / MUNDO / Empresas de petróleo e gás enfrentam momento crítico em meio a crise climática, afirma AIE
terça-feira 28 de novembro de 2023 às 07:25h

Empresas de petróleo e gás enfrentam momento crítico em meio a crise climática, afirma AIE

MUNDO, NOTÍCIAS


Produtores de petróleo e de gás enfrentam escolhas cruciais sobre o seu papel no sistema energético global no meio de um agravamento da crise climática, de acordo com relatório especial da Associação Internacional de Energia (AIE, na sigla em inglês). O estudo aponta que o setor do petróleo e do gás tem sido uma força marginal na transição para um sistema energético com emissões líquidas zero, representando apenas 1% do investimento em energia limpa a nível mundial.

Todas as empresas de petróleo e gás devem se comprometer a combater as emissões das suas próprias operações, de acordo com o relatório. Estas emissões precisam de diminuir 60% até 2030 para se alinharem com o objetivo do Acordo de Paris de limitar o aquecimento global a 1,5 ºC.

Em 2022, os investimentos em energia limpa representaram apenas 2,5% do total das despesas de capital da indústria. O relatório conclui que os produtores que procurem alinhar-se com os objetivos do Acordo de Paris precisarão de destinar 50% das despesas de capital a projetos de energia limpa até 2030.

Além disso, “as empresas devem abandonar a noção de que podem continuar com os negócios como sempre, simplesmente acelerando a implantação de tecnologias de captura de carbono”, aponta. O relatório conclui que, se o consumo de petróleo e gás evoluísse conforme previsto nas actuais definições políticas, limitar o aquecimento a 1,5 ºC exigiria uma captura totalmente inconcebível de 32 bilhões de toneladas de carbono até 2050, indica.

Visando a COP-28 e os compromissos para a cúpula climática, a AIE faz cinco recomendações chaves ao setor: capacidade renovável global triplicada; duplicar a taxa de melhorias na eficiência energética; as empresas de petróleo e gás se comprometerem a avançar nas transições para energias limpas e a reduzir as emissões das suas operações, incluindo a redução do metano em 75%; estabelecer mecanismos de financiamento em grande escala para apoiar investimentos em energia limpa nas economias emergentes e em desenvolvimento; adotar medidas para garantir um declínio ordenado na utilização de combustíveis fósseis.

Veja também

Bolsonaro vai ficar hospedado no Palácio dos Bandeirantes para participar de ato em SP

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) vai ficar hospedado na sede do governo de São Paulo, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Advertisement

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas