quinta-feira 18 de julho de 2024
Foto: #Acesse Política
Home / ELEIÇÕES 2024 / Débora Régis diz que Moema teria enganado ‘ela’ e o ‘povo’ de Lauro de Freitas
sexta-feira 1 de dezembro de 2023 às 10:31h

Débora Régis diz que Moema teria enganado ‘ela’ e o ‘povo’ de Lauro de Freitas

ELEIÇÕES 2024, NOTÍCIAS, RMS


A vereadora Débora Regis (PDT) de Lauro de Freitas, cidade na região metropolitana de Salvador, regressou ao mandato na última semana após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dpebora criticou a gestão e a prefeita da cidade, Moema Gramacho (PT), em entrevista ao programa Brasil Urgente, apresentado por Uziel Bueno, na TV Band, nesta última quinta-feira (30).

“Praticamente 90% das ruas em Lauro estão parecendo queixo suíço, todas esburacadas. Inclusive, existe sinaleiras que tem exatamente cinco anos, a de Terraplac, e para você ter ideia, preferiram tirá-la do que consertá-la. Quando quebra qualquer radar em 30 minutos tem alguém consertando, já a sinalização… Várias escolas e hospitais que não têm na frente faixa de pedestre… Uma cidade que é uma industria de multa! Essa semana recebi denúncia de munícipe que pagou uma multa e em seguida foi cobrado novamente”, denunciou Régis.

Débora demonstrou força ao levar ao programa um grupo de lideranças de Lauro de Freitas – Foto: #Acesse Política

“Moema não enganou só Débora, enganou toda Lauro. Ela conhecia todo mundo e não tinha mais o direito de errar como vem fazendo há tempos. Essa gestão que Moema vem fazendo não dá certo, não vem dando certo, é muito fácil dizer que Débora traiu. Ela foi a primeira pessoa depois do meu grupo a saber que eu não estaria mais com a gestão. Ela foi na casa da minha mãe e disse que não estaria mais apoiando ela. Corria risco perder a eleição. Ela poderia me dar a prefeitura inteira que não iria apoiar”, explicou a parlamentar do PDT.

A vereadora conseguiu espaço no programa devido ao direito de resposta, pois na última semana, Moema esteve lá e citou seu nome, mas segundo fonte do #Acesse Política, o apresentador Uziel Bueno seria fã do trabalho da vereadora – Foto: #Acesse Política

Débora reafirmou que é inocente no processo de caixa dois movido pelo PSB e lembrou a proximidade com o juiz relator de sua ação no TRE-BA com o vice-prefeito da cidade.

“Não (fez caixa dois). Tanto é que minha prestação de conta foi aprovado sem ressalvas. Esse processo é feito por uma denúncia do PSB. Em primeira instância foi favorável a Débora. Eles entraram com recurso e foi para o TRE, no primeiro momento tomei sete a zero. Quem era desembargador meu processo inicialmente? Sérgio Sales Cafezeiro, primo de Vidigal cafezeiro, de primeiro grau. A partir do momento que tendo grau de parentesco, ele, como excelente magistrado, deveria se isentar de estar no processo”, avaliou Débora Régis, lembrando que após embargos conseguiu diminuir o julgamento para 5 votos a favor e dois contras.

A vereadora apontou não sentir raiva de Moema Gramacho após críticas e denúncias feitas: “Não sinto raiva nenhuma da prefeita, sempre respeitei a história dela. Sou oposição e sempre fui responsável”.

Veja também

Justiça absolve Sérgio Cabral em ação sobre à saúde pública

A 9ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro absolveu numa ação de improbidade …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!