segunda-feira 15 de julho de 2024
Foto: Rafael Almeida/ GOVBA
Home / DESTAQUE / Complexo Eólico Tanque Novo é lançado oficialmente na Bahia
terça-feira 30 de maio de 2023 às 19:47h

Complexo Eólico Tanque Novo é lançado oficialmente na Bahia

DESTAQUE, NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


O Complexo Eólico Tanque Novo foi lançado, oficialmente, nesta terça-feira (30), durante cerimônia realizada no auditório do Senai-Cimatec, no bairro de Piatã, em Salvador, com a presença do governador Jerônimo Rodrigues. A missão do Complexo Eólico, um empreendimento da CGN Brasil Energia, é ampliar a oferta de energia renovável no país. Localizado nos municípios de Tanque Novo e Caetité, no Sudoeste baiano, o projeto tem investimento de R$ 1,15 bilhão e já gerou mais de mil postos de trabalho.

De acordo com o governador, o empreendimento garante a transição energética, para que se tenha cada vez mais o uso de energias limpas e também a geração de emprego no interior do estado. “Entregamos hoje, junto com a empresa, um centro de inovação, tecnologia e ciência, para que a comunidade do município e do entorno possa visitar, conhecer e entender como funciona a produção de energia renovável. Esse investimento simboliza um conjunto de outros que as empresas chinesas têm feito na Bahia em diversas áreas”, declarou Jerônimo.

O empreendimento, que abrange uma área de aproximadamente 30 quilômetros de extensão, iniciou o processo de geração de energia em abril, seguido do início da operação comercial, com a meta de gerar, anualmente, 720 milhões de kWh de eletricidade, contribuindo de forma significativa para a oferta de energia limpa, reduzindo a emissão de carbono na atmosfera. Com 40 aerogeradores, distribuídos em sete parques eólicos, o Complexo Eólico Tanque Novo terá capacidade instalada total de 180 MW, podendo abastecer até 430 mil residências com energia limpa.

A Bahia mantém a liderança nacional na geração de energia eólica, com 31% de participação no mercado, por meio de 265 parques eólicos construídos no estado. As plantas de energia solar e eólica no estado são destinadas para a produção de hidrogênio, insumo para geração de combustíveis, e amônia verde, para produzir fertilizantes.

O secretário-executivo nacional de Minas e Energias, Efrain Cruz, representou o ministro Alexandre Silveira na ocasião e destacou o protagonismo da Bahia e do Nordeste na geração de energia eólica. “A Bahia, assim como todo o Nordeste, vem se apresentando como um grande celeiro de fontes de energia renováveis do mundo. E será de energia limpa também, tanto pela capacidade na questão dos ventos, quanto na solar”, declarou o Efrain Cruz, que ainda explicou que este é um movimento muito importante para colocar o Brasil como líder mundial de transição energética. “Além de promover o desenvolvimento da região Nordeste, re-industrializando o país com essa gigantesca capacidade de geração de energias renováveis que nós temos”, completou o secretário executivo.

Base Científica

A programação contou ainda com o lançamento da Base de Educação Científica de Energia Eólica, que será instalada com o apoio do Cimatec, em uma área de mil metros quadrados, dentro do Complexo Eólico Tanque Novo. O equipamento tem o objetivo de capacitar estudantes de todos os níveis de ensino e integrá-los aos processos de formação para geração de energia eólica. “Em todas as nossas obras, faremos uma base científica de educação similar a essa, para ampliar a nossa presença na comunidade. Não só com o assistencialismo, mas também para uma base de educação, mostrando qual é a importância da energia eólica no dia a dia”, concluiu o diretor da CGN.

Foto: Rafael Almeida/ GOVBA

Para absorver a mão de obra local, o Complexo Eólico Tanque Novo vem oferecendo cursos para capacitar moradores de municípios próximos. “Temos sempre o foco de empregar pessoas da comunidade. Atualmente, entre empregados e terceirizados, são vinte com origem em Tanque Novo. Durante a obra, foram empregados mais de 1100 funcionários para a construção”, enfatizou André Martini, diretor de Desenvolvimento de Negócios da CGN, explicando ainda que a empresa desenvolve programas sociais desde o início da construção e durante a operação do projeto, e que a Base Científica será um marco para a CGN.

Também estiveram presentes no evento, o presidente da CGNBE, Fang Likui, o representante do CGN Grupo, Zhang Chaoqun, o embaixador da China no Brasil, Zhu Qingqiao, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Efrain Cruz, e a presidente da Associação Brasileira de Energia e Novas Tecnologias (ABEEólica), Elbia Silva Gannoum, além do prefeito de Tanque Novo, Ricardo Carneiro e do vice-prefeito de Caetité, Walmique Trindade.

Veja também

Ex-deputado lança pré-candidatura à prefeitura de Juazeiro

O ex-prefeito e ex-deputado federal, Joseph Bandeira (PSB) lançou na noite da última sexta-feira (12) …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!