terça-feira 28 de maio de 2024
Home / NOTÍCIAS / Talita Oliveira desmente Pimentel e garante que não fará parte da base de Rui Costa
quinta-feira 9 de maio de 2019 às 07:10h

Talita Oliveira desmente Pimentel e garante que não fará parte da base de Rui Costa

NOTÍCIAS


A deputada estadual Talita Oliveira (PSL) se disse surpresa com o anúncio feito pelo secretário-geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel, de que ela teria sido destituída da presidência estadual do PSL Mulher por “atuação política improdutiva”. Segundo ela, o referido cargo nunca existiu de forma documental no estatuto do partido, além de não ter ocorrido nenhuma cerimônia para a consolidação do suposto convite.

“Não existindo, assim, razão para uma suposta destituição de um cargo fictício. Entretanto, independente do suposto cargo de presidente do PSL Mulher, a deputada vem dando continuidade ao seu trabalho árduo de contribuir para a promoção, inclusão, difusão e participação feminina na sociedade, inclusive, na política, pois o seu compromisso com o fortalecimento da bandeira feminina vai muito além de estar ou não à frente do referido cargo”, afirmou a assessoria da parlamentar.

Na nota divulgada por sua equipe, ela lembra que a deputada Dayane Pimentel é quem foi destituída da posição de presidente do PSL Mulher Nacional pelo presidente da sigla, Luciano Bivar, que passou o cargo à deputada federal Joice Hasselmann.

“Com relação ao que vem sendo ventilado na mídia, de que estaria mudando de partido e indo para a base do governador Rui Costa, a deputada Talita Oliveira informa que despreza qualquer hipótese de mudança de sigla partidária ou qualquer tipo de alinhamento com o projeto inoperante da esquerda, na medida em que foi eleita para ser representante do presidente Jair Bolsonaro e, sendo assim, jamais irá comungar com a velha política do atual governo do estado”, destacou.

Diante da polêmica, a bancada evangélica da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) se solidarizou com Talita e deu apoio à parlamentar. Os deputados que manifestaram a solidariedade “contra as calúnias” foram Pastor Isidório Filho (AVANTE), Jurailton Santos (PRB), Samuel Junior (PDT), Capitão Alden (PSL), José de Arimateia (PRB) e Katia Oliveira (MDB).

“Talita, em apenas três meses de mandato, já apresentou 16 preposições e está entre as deputadas mais frequentes do parlamento baiano, atuando como secretária da Mesa Diretora (2019-2021) e titular das Comissões: Direitos da Mulher, Agricultura e Educação. Seus colegas afirmam que é Alberto Pimentel quem quer desestabilizar o partido no âmbito estadual”, declarou.

Veja também

IPCA-15 de maio acelera e fica em 0,44%; inflação acumulada de 12 meses vai a 3,70%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), indicador que é a prévia …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas