domingo 26 de maio de 2024
Aumento da rede se concentrará no Centro-Oeste, Nordeste e Sul, mas sem deixar de fortalecer a atuação no Sudeste - Foto: George Gargiulo
Home / NOTÍCIAS / Taco Bell quer o Brasil como a segunda maior operação da rede, atrás apenas dos EUA
domingo 21 de abril de 2024 às 16:20h

Taco Bell quer o Brasil como a segunda maior operação da rede, atrás apenas dos EUA

NOTÍCIAS


• economia,
• extensão territorial,
 política externa.

“Os números da economia têm melhorado. A gente torce para um bom desempenho da Selic [taxa básica de juros, que está 10,75%]. É fundamental. Além disso, trata-se de um País grande em termos territoriais e sem conflitos externos”, disse à DINHEIRO Jeferson Mariotto, diretor-geral da Taco Bell Brasil. No cargo desde fevereiro do ano passado, Mariotto está à frente da nova fase da marca, pertencente ao grupo Yum Brands (dono da Pizza Hut e do KFC).

Um ciclo que deu seus primeiros passos em outubro de 2023, quando a companhia inaugurou em Campinas (SP) a primeira unidade drive-thru no País — formato de sucesso nos Estados Unidos, principal mercado da rede. Segundo o executivo, as cidades de Bauru (SP) e Goiânia (GO) também vão receber lojas nesse formato no segundo semestre.

O investimento médio em uma franquia desse modelo é de R$ 3 milhões, com faturamento mensal de R$ 500 a 600 mil. Números superiores ao investimento nas lojas express, estimado em R$ 1,8 milhão, com rendimento médio de R$ 300 mil. “O drive-thru é a nossa aposta. Os investimentos são maiores e o retorno também. O formato vende 40% mais que as unidades de shopping. Além de outras vantagens, como horário de funcionamento, que pode ser estendido”, afirmou o diretor.

Mudanças e desafios

Outra aposta da Taco Bell é a expansão por meio de franquias. Atualmente com 22 lojas próprias e oito franqueadas, a rede visa aumentar o número de franquias nos próximos anos. De acordo com Mariotto, 12 das 15 unidades previstas para este ano serão franquias. Em 2025, estão previstas 13 franquias e sete lojas próprias.

Segundo o diretor, a bandeira não vai abrir mão das unidades próprias. “Isso nos permite uma base fortalecida para falar com o franqueado, estudando e repassando nossos serviços, sem perder o padrão e a qualidade”, disse. A empresa busca fortalecer sua presença em um setor em alta.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do segmento no País atingiu R$ 240,6 bilhões em 2023, um crescimento de 13,8% em relação a 2022. Já o número de redes chegou a 3.311, aumento 7,6% frente ao ano anterior.

(Divulgação)

“O drive-thru é a nossa aposta. Os investimentos são maiores e o retorno também. O formato vende 40% mais que as unidades de shopping.”
Jeferson Mriotto, diretor-geral da Taco Bell Brasil

Para atingir a meta de crescimento acelerado, a rede, que chegou ao Brasil em 2016, tem pela frente o desafio de fazer com que seu cardápio picante caia no gosto de um número maior de brasileiros.

Segundo Mariotto, há dois caminhos principais para atingir o objetivo:
• popularizar a marca entre as classes C e D, já que as lojas de maior faturamento estão no público A e B;
 e levar as lojas para outros estados.

“A expansão se concentrará no Centro-Oeste, Nordeste e Sul, em cidades como Brasília (DF) e Maringá (PR), mas sem deixar de fortalecer nossa atuação no Sudeste”, disse.

O apetite de expansão começou em 2020, mas o plano foi adiado pela pandemia. Na época, a empresa precisou realocar sete lojas, mas viu o negócio crescer e atingir novos consumidores. O delivery foi de 7% em janeiro de 2020 para 27% do faturamento da empresa hoje, contribuindo para as estratégias. Além disso, há promoções para incentivar o consumo entre estudantes e lojistas de shoppings, que hoje têm 15% de desconto nas unidades da marca.

Outra estratégia da Taco Bell é adaptar o cardápio de acordo com o paladar e bolso do brasileiro. A rede incluiu a calabresa entre as opções de ingredientes nos produtos oferecidos. Sempre mantendo a principal característica da gastronomia mexicana, que é o seu sabor picante. Isso é o que não falta para o plano de expansão da Taco Bell. Uma picância na medida certa para elevar o Brasil ao status de segunda maior operação de uma das maiores redes de fast-food do mundo.

Veja também

A hipótese de que a humanidade é uma ‘Inteligência Artificial’ antiga

De narrativas religiosas a teorias científicas, os seres humanos têm procurado entender de onde viemos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas