segunda-feira 17 de junho de 2024
Progressistas vai continuar sendo de oposição diz Ciro Nogueira, mesmo com a bancada da Câmara compondo a base do governo Lula. - Foto: Henrique Lessa/CB/D.A. Press
Home / DESTAQUE / Senador Ciro Nogueira revela quando encontrará com Lula
quinta-feira 30 de maio de 2024 às 13:26h

Senador Ciro Nogueira revela quando encontrará com Lula

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Presidente nacional do PP, ele disse ao blog da Farfan, da Record, que não quer conversar com Lula e que não dará “benção” para Lira assumir um ministério após deixar presidência da Câmara

O presidente do Progressistas, Ciro Nogueira (PP-PI), disse não pretender conversar com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), antes que ele deixe o Palácio do Planalto.

“Só encontro com Lula quando ele deixar a presidência”, afirmou ao blog.

Ciro já foi procurado por nomes próximos ao petista e costuma brincar que evita um encontro com presidente para não se deixar “seduzir” pela habilidade política dele.

Após ocupar a cadeira de ministro-chefe da Casa Civil de Jair Bolsonaro, defende ser de oposição. O senador contou, ainda, que fala com Bolsonaro praticamente “todos os dias”.

Questionado sobre a possibilidade de Arthur Lira (PP-AL) assumir um ministério de Lula quando deixar a presidência da Câmara, o chefe do Progressistas destacou que não aceitaria, já que Lira em uma pasta poderia representar a entrada efetiva do partido no governo.

O fato de André Fufuca (PP-MA) ter assumido o Ministério do Esporte não influencia no posicionamento da sigla por ser uma pasta de menor porte, na avaliação de Ciro.

O futuro de Lira no próximo ano ainda é incerto e, nos bastidores, há quem considere possível um convite de Lula para que ele assuma um ministério. Uma das pastas ventiladas é a da Integração e do Desenvolvimento Regional, mais robusta e que garantiria a capacidade de alocar recursos em seu reduto eleitoral, ajudando em uma possível disputa para o Senado.

No entanto, o foco do atual presidente da Câmara, deve ser o de garantir um sucessor na Casa, o que estaria sendo fechado com maiorias dos 513 deputados, só faltando Lira oficializar o nome, que deve sair antes da eleição de outubro. Movimento avaliado pela cúpula do partido como “vital”.

O Progressistas é um dos poucos partidos do Brasil formado praticamente por políticos tradicionais, onde a palavra valeria mais do que o papel.

Veja também

Soldados russos continuam matando ao voltar da Ucrânia

Muitos militares que retornam do front apresentam sinais de estresse pós-traumático. Problema pode impactar sociedade …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!