segunda-feira 17 de junho de 2024
Home / DESTAQUE / ‘Radicalismo e partidarismo prejudicam alunos’, diz secretário de Salvador

‘Radicalismo e partidarismo prejudicam alunos’, diz secretário de Salvador

terça-feira 24 de julho de 2018 às 04:15h

“A Prefeitura de Salvador está aberta às negociações, buscando uma solução com base no diálogo. O fato é que há uma radicalização por parte de um pequeno grupo que prefere deixar nossos alunos sem aula a retomar as negociações.” A declaração é do secretário municipal de Educação, Bruno Barral, acerca do movimento grevista que afeta apenas uma pequena parte das escolas de Salvador (hoje somente 10% delas).

“É um movimento que desde o início teve pouca adesão, apontando seu viés partidário, uma vez que as lideranças sindicalistas são ligadas a partidos de oposição à Prefeitura. Nossos alunos não podem ser vítimas desse tipo de jogo de interesse”, critica.

De acordo com o levantamento desta última segunda-feira (23), 388 escolas municipais estão funcionando, o que representa 90% da rede. Apenas 44 escolas estão paradas.

Veja também

Brasil é uma ‘encrenca’ e quem tem poder às vezes não faz a coisa certa pelo País, diz Haddad

Após dura derrota no Congresso Nacional e em meio a críticas de parte do setor …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!