quinta-feira 13 de junho de 2024
Home / DESTAQUE / PT abre mão de vagas no Senado por apoio na corrida ao Planalto

PT abre mão de vagas no Senado por apoio na corrida ao Planalto

terça-feira 31 de julho de 2018 às 07:51h

Nas negociações de apoio para a chapa que concorre à Presidência da República, o PT rifou candidatos ao Senado em estados considerados estratégicos por partidos aliados como o PCdoB, PSB, PP e MDB.

Segundo publicado no jornal O Estado de SP, o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), por exemplo, conseguiu emplacar todos os nomes do seu eixo político, o que deixou os petistas fora até da suplência.

Para apoiar a reeleição do atual presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB), o PT desistiu de tentar reeleger José Pimentel, que bradou: “Lamento muito a decisão do meu partido de abrir mão de disputar uma das duas vagas ao Senado Federal. As consequências serão históricas e percebidas a partir de 2019”.

Já a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), no Amazonas, e o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, no Piauí, também levaram a melhor sobre concorrentes petistas. No Amapá, a aliança do PT vai de João Capiberibe (PSB).

As concessões podem reduzir consideravelmente a bancada petista na Casa.

Veja também

Megaprojeto de Milei é aprovado no Senado argentino; texto voltará para Câmara

O megaprojeto de lei proposto por Javier Milei foi aprovado no Senado da Argentina nesta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!