segunda-feira 15 de agosto de 2022
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Presidente estadual do Solidariedade reivindica empregos para a região do Sisal
segunda-feira 27 de junho de 2022 às 18:26h

Presidente estadual do Solidariedade reivindica empregos para a região do Sisal

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O presidente estadual do partido Solidariedade na Bahia, Luciano Araújo, pré-candidato a deputado estadual, esteve no município de Conceição do Coité, no último dia 25. Ele participou dos festejos juninos nos distritos de Aroeira, Bandiaçu, Juazeirinho, Salgadália, entre outras comunidades. Na “Rainha do Sisal”, o postulante a uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia recebe apoio do grupo político do atual gestor, Marcelo Araújo.

Em pré-campanha pelo interior da Bahia, o valentense Luciano Araujo também marcou presença nos festejos juninos em sua terra natal, em Água Fria, em Nova Fátima, entre outras cidades. Depois de percorrer vários municípios no São João, o pré-candidato a deputado estadual, volta suas atenções para as comemorações do São Pedro nos municípios de Gavião e em Retirolândia, a convite do vice-prefeito local, Rau, filiado ao Solidariedade.

Adotando a posição de defensor da geração de emprego e renda na região sisaleira, Luciano Araújo disse recentemente ao pré-candidato a governador da Bahia, ACM Neto e ao pré-candidato ao Senado, Cacá Leão (PP), durante visita à região, que a preocupação maior da área, é a falta de empregos e relata: “Hoje os jovens de Valente se formam e não tem emprego. A última vez que teve isso aqui foi quando passamos pela Secretaria de Indústria e Comércio da Bahia, quando trouxemos fábrica para o município e hoje a estrutura física se encontra ai, gerando empregos”.

Durante seu pronunciamento, dirigindo-se ao pré-candidato do União Brasil a governador, ACM Neto, Luciano disse: “Neto, olhe para o povo desta região, a cultura do sisal está acabando, as industrias do sisal geram empregos e nós só temos o aproveitamento de 4% da folha do agave e não aparece um representante da base do governo com visão para desenvolver um projeto que vise o aproveitamento do material desperdiçado no campo, na fabricação de tequila, cosmético, ração animal, entre outros”, pontuou.

Veja também

Vale recebe multa de R$ 86,3 milhões da CGU em processo sobre Brumadinho

A Vale informou que a Controladoria-Geral da União (CGU) multou a empresa em R$ 86,3 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!