quinta-feira 30 de maio de 2024
Foto: Divulgação
Home / JUSTIÇA / Presidente do TC de Angola faz visita ao TCM e TCE da Bahia
quinta-feira 22 de fevereiro de 2024 às 16:35h

Presidente do TC de Angola faz visita ao TCM e TCE da Bahia

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O juiz presidente do Tribunal de Contas de Angola, Sebastião Domingos Gunza, fez nesta quarta-feira (21) uma visita ao presidente do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, e ao presidente do TCE, conselheiro Marcus Presídio, para convidá-los a participar de um congresso que será realizado em abril, em Luanda, capital de Angola, que marcará os 23 anos de fundação da Corte de Contas do país.

O presidente Sebastião Gunza citou o acordo de cooperação técnica firmado entre as cortes de contas em novembro passado e destacou a importância do intercâmbio de experiências e tecnologias sobre ações de auditoria, que fortalecem os laços institucionais e enriquecem e modernizam os sistemas de controle externo e de fiscalização – do TC de Angola, como, certamente, do TCM e do TCE.

Sebastião Domingos Gunza estava acompanhado, no encontro, pela juíza conselheira Arlete Conceição, pelo chefe dos serviços técnicos do TC de Angola, Carlos António e pela coordenadora de relações institucionais, Helena Antunes. Ele foi recebido pelos conselheiros Marcus Presídio, Francisco Netto e Plínio Carneiro Filho no gabinete da presidência do TCE.

O presidente do TC angolano disse que está encantado com Salvador e ficou surpreso com a rica herança cultural africana que é preservada e que motiva orgulho aos brasileiros e em especial aos baianos. Ciceroneado pelo professor e historiador Francisco Senna, ele conheceu o Centro Histórico de Salvador, e nesta quinta-feira (22) vai visitar a Casa de Angola da Bahia, a Casa das Histórias de Salvador, e o Balé Folclórico da Bahia.

Com os conselheiros Marcus Presidio e Francisco Netto, Sebastião Gunza, trocou informações sobre a composição, a legislação e o funcionamento das cortes de contas brasileiras e de Angola – relatando as diferenças e similidades. E destacou a importância da atuação da Corte de Contas para a melhor eficiência da administração pública de Angola.

O presidente do TCM afirmou que o intercâmbio com o TC angolano, “nos remete e valoriza as novas origens. E essa diversidade é importante e, sem dúvida, vai nos engrandecer”. Ele disse que fará de tudo para estar em Luanda, quando do congresso comemorativo dos 23 anos da Corte de Contas, “porque queremos conhecer melhor, na prática, como se dá o controle externo da administração em Angola. Certamente temos o que aprender, assim como contribuir, especialmente com informações técnicas e ferramentas tecnológicas para o aperfeiçoamento dos trabalhos dos nossos irmãos angolanos”, disse.

Veja também

Entenda como o número do seu CPF pode indicar onde você mora

O número de CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) é um documento único de identificação para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas