terça-feira 28 de junho de 2022
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / ‘Prefiro desempregados a mortos’, diz prefeito de Belo Horizonte
terça-feira 14 de abril de 2020 às 18:22h

‘Prefiro desempregados a mortos’, diz prefeito de Belo Horizonte

NOTÍCIAS


“Nada vai desviar o propósito de Belo Horizonte de não virar Milão. Eu prefiro 10 mil desempregados que 50 mil mortos”, afirmou o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira. Ele anunciou ainda que novas medidas para o enfrentamento do coronavírus devem ser publicadas em decreto na próxima sexta-feira.

O prefeito reafirmou que as medidas de isolamento social têm surtido efeito na capital, e que contará cada vez mais com apoio da Guarda Civil de BH e também da Polícia Militar para impedir aglomeração de pessoas.

“A respeito de prefeituras que simplesmente escrevem e não fiscalizam, estamos contando com a Polícia Militar de Minas Gerais para nos informar onde o contágio está disseminado. Do mesmo jeito que a flexibilização do interior nos incomoda, temos que humildemente seguir o exemplo do que está acontecendo na Grande BH”, disse Kalil.

De acordo com o prefeito, o plano de flexibilização vai seguir o protocolo internacional. Ele reafirmou que as medidas não são decididas pelo prefeito, e sim por uma comissão de enfrentamento à doença.

“Temos três coisas pra fazer: primeiro, o fim dessa tragédia e que todos voltem ao convívio de familiares. Segundo, o certo, e terceiro, o errado. Belo Horizonte optou pelo certo, pela ciência, pela tecnologia, matemática. E desse propósito BH não vai sair. Não vai adiantar pressão”, disse Kalil.

Veja também

Bolsonarismo é vitorioso mesmo se perdesse eleição

Impressionado com os atos de raiz golpista do 7 de Setembro do ano passado, liderados pelo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!