quarta-feira 24 de abril de 2024
Foto: Divulgação/ Sempre
Home / NOTÍCIAS / Prefeitura já emitiu mais de 4,6 mil carteiras de identificação para pessoas com transtorno do espectro autista
quarta-feira 3 de abril de 2024 às 08:44h

Prefeitura já emitiu mais de 4,6 mil carteiras de identificação para pessoas com transtorno do espectro autista

NOTÍCIAS


A Prefeitura de Salvador já emitiu mais de 4,6 mil carteiras de identificação da pessoa com transtorno do espectro autista (CIPTEA) desde o início da ação, no ano passado. A emissão do documento integra o grupo de serviços e atendimentos ofertados pela gestão municipal a partir desta terça-feira (2), quando se comemora o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo.

Ao longo desta semana, a Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) participa de dois importantes eventos na cidade para divulgar a importância da inclusão desta população. A primeira atividade foi o Espaço Acolher, no Salvador Shopping, que ofertou informações sobre a emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPITEA).

O documento é ofertado gratuitamente e possibilita identificar esta população em espaços públicos e privados, viabilizando o atendimento prioritário, evitando assim o constrangimento para as pessoas autistas e suas famílias. É um direito previsto pela Lei Romeo Mion (13.977/2020). Desde o início, no ano passado, já foram emitidas 4.619 carteiras.

Já o segundo evento é a participação na 1ª Jornada de Conscientização sobre o Transtorno Espectro Autista, que acontece nos dias 2, 4, 5 e 8 de abril, na Faculdade Anhanguera, com a participação de diversos profissionais e entidades que atuam com foco no transtorno.

Nesta terça, o tema foi “O diagnóstico e a importância da intervenção precoce no TEA”. Na quinta-feira (4), das 19h às 21h30, o cerne do debate será: “A importância do tratamento multidisciplinar com práticas baseadas em evidência científica”. Na próxima sexta-feira (5), o assunto abordado vai ser “Autismo na escola: da infância, nos ciclos iniciais, ao ensino profissionalizante ou superior, na vida adulta”, das 13h30 às 17h, e para finalizar, na segunda-feira (8), será abordado “a temática Um olhar diante das políticas públicas e privadas para familiares e pessoas TEA”, das 18h30 às 21h30.

As inscrições para a jornada podem ser feitas nos sites: https://doity.com.br/anhangueratea02, https://doity.com.br/anhangueratea03, https://doity.com.br/anhangueratea04.

Para o secretário da Sempre, Júnior Magalhães, “esse é um momento importante para se pensar ainda mais em políticas públicas voltadas para esse público, a exemplo, da emissão da carteira CIPTEA, que possibilita identificar a pessoa com TEA em espaços públicos e privados, viabilizando o atendimento e evitando o constrangimento para as pessoas autistas e seus familiares”.

Ações – Em todas as programações, há a atuação da equipe da Diretoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (DPCD), que atua dentro da Sempre visando garantir a manutenção dos direitos e necessidades básicas das pessoas com deficiência. Algumas das ações são direcionadas a pessoas com TEA, como a CIPTEA.

“Algumas pessoas, por vezes, não apresentam características visíveis do autismo e precisam de prioridade em filas e atendimentos diversos, mas muitas pessoas não entendem, e essa carteira já mudou a realidade de muita gente”, comemorou, reiterando que muito ainda tem a ser feito, “como a nossa iniciativa do censo que já ganha forma com o cadastro da própria CIPTEA, com 4.619 carteiras emitidas”.

O projeto Autista a Bordo oferece adesivos gratuitos para veículos que transportam pessoas com TEA. A iniciativa é da Sempre e tem o objetivo de sensibilizar motoristas a evitar buzinas, faróis altos e ultrapassagens, promovendo um ambiente mais seguro. Os adesivos podem ser obtidos gratuitamente na Secretaria, no espaço CIPTEA (Rua Miguel Calmon, 28, Comércio), de segunda a sexta, das 8h30 às 16h, mediante apresentação da CIPTEA ou laudo de autismo.

O Empreender é com elas é uma iniciativa que visa atender necessidades específicas de mulheres com deficiência e mães de pessoas com deficiência, proporcionando oportunidades de esporte, lazer, cultura e empreendedorismo, fornecendo às beneficiárias a oportunidade de explorar diversas atividades que enriqueçam suas vidas.

O projeto possui, atualmente, 102 mulheres cadastradas, que participam das atividades propostas, na perspectiva do autocuidado, demonstrando um compromisso integral do projeto com o bem-estar e a capacitação delas.

Há também o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (COMPED), órgão colegiado vinculado à Sempre de caráter permanente que tem por finalidade a formulação de estratégias e controle social da execução das ações e políticas públicas da Cidade de Salvador voltadas à pessoa com deficiência. O Colegiado funciona na Rua Eng. Silva Lima, s/nº, Nazaré. Os interessados podem ligar para o telefone (71) 3202-2544.

Veja também

Hotel do Brasil é eleito o melhor do mundo

O Hotel Colline de France, situado em Gramado, no Rio Grande do Sul, foi eleito o melhor hotel …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas