segunda-feira 27 de maio de 2024
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento
segunda-feira 22 de abril de 2024 às 07:31h

Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O prefeito de Catu, Narlison Borges de Sales, conhecido como Pequeno Sales (PT), é acusado segundo o BNews de superfaturar a compra de 400 notebooks por R$ 1.837.410,00 em 2021. A denúncia foi feita à Justiça Federal, na Comarca de Salvador. Os equipamentos foram comprados junto à “Soluções em Tudo”, empresa com sede em Alagoas e criada apenas quatro meses antes do início do processo licitatório.

Cada equipamento, conforme consta na denúncia, foi adquirido por R$ 4.593,00, mas, conforme apontado no processo, cada notebook teria 2.297,12 de valor de mercado, o que configuraria indício de superfaturamento.

Além disso, a empresa que venceu a licitação seria de propriedade de Márcia Regina Fernandes Bezerra de Vasconcelos, responsável pelo setor de licitações da Prefeitura de Catu.

Ainda segundo a denúncia apresentada à Justiça Federal, a empresa Soluções em Tudo teve o registro suspenso no Cadastro da Secretaria da Fazenda de Alagoas desde 2 de março de 2023.

Veja também

‘O governo ainda quer controlar o Parlamento pelo toma lá, dá cá’, diz relator da LDO de 2024

Depois de idas e vindas na negociação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas