quarta-feira 19 de junho de 2024
Operários trabalhando no campo de gás condensado Bozhong 19-6, no Mar Bohai da China, em 14 de novembro de 2023. - Foto: Du Penghui/Xinhua
Home / NEGÓCIOS / Petróelo e gás: empresa baiana negocia fusão de R$ 20 bilhões
quarta-feira 24 de abril de 2024 às 19:57h

Petróelo e gás: empresa baiana negocia fusão de R$ 20 bilhões

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


Depois de ver frustradas as tentativas de fusão com a 3R Petroleum, PetroReconcoavo, junior oil que tem sede na Bahia, está conversando com a Eneva sobre uma eventual fusão dos negócios. O interesse da Eneva seria no acesso ao gás.

A Eneva é uma das maiores operadoras integradas de energia e atuando na exploração e produção do gás natural até o fornecimento de soluções em energia e possui ativos nos estados do Amazonas, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Goiás.

O valor de mercado da Eneva na B3 é de R$ 19,4 bilhões, ao passo que o da PetroReconcavo é de R$ 6 bilhões. A transação na mesa mais provável seria por troca de ações, segundo fontes.

As conversas ocorrem em um momento em que as empresas “junior oils” se preparam para um processo de consolidação do setor, com o pontapé dado pela assinatura de um memorando de entendimentos entre Enauta e 3R.

A Eneva está, por exemplo, no processo para a compra das usinas térmicas da Eletrobras, um negócio estimado em R$ 8 bilhões. Uma fonte ligada aos acionistas informou que a empresa poderia fazer uma chamada de aumento de capital, contando com dois sócios de peso — BTG e BW, dos Moreira Salles, bancando os recursos.

Veja também

Comissão do Senado aprova marco legal dos seguros; veja o que muda

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (18) um Projeto de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!