quinta-feira 20 de junho de 2024
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado›
Home / DESTAQUE / Pacheco pede ao STF nomes investigados pela ‘Abin paralela’ no governo Bolsonaro
segunda-feira 29 de janeiro de 2024 às 10:50h

Pacheco pede ao STF nomes investigados pela ‘Abin paralela’ no governo Bolsonaro

DESTAQUE, JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD), pedirá ao Supremo Tribunal Federal Federal (STF) os possíveis nomes de parlamentares monitorados no esquema ilegal de espionagem da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) na gestão de Jair Bolsonaro (PL).

A informação foi confirmada nesta segunda-feira (29) pela assessoria de Pacheco. Em nota, é informado que o pedido decorre da “gravidade que um fato dessa natureza representa”.

“Encaminharei ao Supremo Tribunal Federal ofício solicitando os possíveis nomes de parlamentares clandestinamente monitorados pela Agência Brasileira de Inteligência, dada a gravidade que um fato dessa natureza representa”, pontua o presidente no comunicado.

A postura de Pacheco diante do tema já havia sido cobrado por parlamentares, que pediam uma lista com os nomes de autoridades monitoradas de forma clandestina pela Abin.

Veja também

PF faz 27 buscas em três Estados no rastro de fomentadores e financiadores do 8 de janeiro

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (20) mais uma fase da Operação Lesa Pátria no …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!