quinta-feira 20 de junho de 2024
Magda Chambriard assina termo de posse como presidente da Petrobras — Foto: Andre Ribeiro / Agência Petrobras
Home / DESTAQUE / O mistério de Magda Chambriard sobre os rumos que dará à Petrobras
segunda-feira 27 de maio de 2024 às 11:39h

O mistério de Magda Chambriard sobre os rumos que dará à Petrobras

DESTAQUE, NOTÍCIAS


A nova presidente da Petrobras, Magda Chambriard, foi aprovada pelo conselho de administração da companhia na última sexta-feira (24), mas a oficialização no cargo não encerrou o mistério acerca das medidas que ela pretende tomar.

Há muita curiosidade no mercado e na própria empresa com as medidas que Magda vá privilegiar em sua gestão, que o presidente Lula da Silva (PT) e o ministro Alexandre Silveira já indicaram esperar segundo a coluna de Malu Gaspar, do O Globo, que acelere planos de investimentos em refinarias e na indústria naval.

Quem imaginou que tiraria alguma pista do comportamento da nova CEO na reunião do conselho, porém, ficou sem respostas.

Magda falou muito pouco nas oito horas de encontro e, no breve momento em que se dirigiu aos integrantes do conselho, disse que pretendia escutar mais do que falar – não só naquela reunião, mas nas seguintes.

A CEO também não votou em nenhuma das poucas deliberações do dia. Falou ainda que “é uma burocrata” e que, portanto, prefere esperar para concluir um treinamento que a empresa faz com os novos conselheiros para começar a se posicionar.

A presidente da Petrobras também não deu nenhuma pista dos diretores que vai trocar – pelo menos não no conselho.

Dois diretores já foram demitidos quando Jean Paul Prates deixou a companhia – o financeiro, Sérgio Caetano Leite, e o advogado-geral da Petrobras, Marcelo Mello, que tem status de diretor jurídico.

Nas reuniões que teve com os ministros logo após ser indicada por Lula, Magda disse que pretendia substituir pelo menos o diretor de Engenharia, Tecnologia e Inovação, Carlos Travassos, e de Governança e Conformidade, Mario Spinelli. Nos últimos dias, ela indicou ainda que pretende trocar o diretor de Exploração e Serviços, Joelson Mendes.

A única pista que a nova presidente da Petrobras deu na reunião foi sobre com quem pretende se aliar na cúpula da petroleira. Ao se referir ao presidente do conselho, Pietro Mendes, que é secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Magda disse que ele é um “diamante” da geração que ela viu nascer na Agência Nacional de Petróleo (ANP), da qual foi diretora. Mendes é originalmente servidor do órgão.

Pietro é homem de confiança de Alexandre Silveira e representa a ala ligada ao ministro e também ao titular da Casa Civil, Rui Costa. Os dois foram adversários ferrenhos da gestão Prates, com quem tiveram embates públicos e de bastidores, e estavam presentes na reunião em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu o antecessor de Magda.

A nova presidente também elogiou a interina, Clarice Copetti, diretora de assuntos corporativos, que é ligada ao PT e foi indicada diretamente pelo próprio presidente Lula.

Nos últimos dias, Magda teve conversas particulares com conselheiros e integrantes da empresa, mas foi muito cuidadosa com as palavras, tentando não se comprometer diretamente com nenhuma posição muito definida.

Veja também

Alckmin: Scania anunciará R$ 2 bilhões em investimentos nesta 6ª-feira durante visita de Lula

O vice-presidente e ministro da Indústria e do Comércio, Geraldo Alckmin (PSB), disse nesta última …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!