sábado 25 de maio de 2024
Home / NOTÍCIAS / Maternidade Tsylla Balbino completa 60 anos
quinta-feira 21 de março de 2019 às 11:06h

Maternidade Tsylla Balbino completa 60 anos

NOTÍCIAS


A história da Maternidade Tsylla Balbino (MTB), que completou 60 anos na última semana, confunde-se com a da baiana de acarajé Georgina Crispina dos Santos. Ela foi uma das primeiras pessoas a nascer dentro das paredes da unidade de saúde, no primeiro ano de funcionamento, em 1959. Desde 15 de março daquele ano, a maternidade está localizada na Baixa de Quintas, em Salvador.

Dona Georgina, que criou as cinco filhas com a renda dos quitutes, mora perto da maternidade e esteve no local, nesta quarta-feira (20), para visitar as instalações. A baiana conta que a ligação com a Tsylla Balbino é uma constante na vida de toda a família Santos. “Minha mãe teve a mim e meus 11 irmãos nessa maternidade. Eu sou gêmea e tenho mais dois pares de irmãos que também são. Quando constituí família, vim para Tsylla para ter minhas trigêmeas e depois voltei para dar à luz a mais duas meninas. Meus irmãos, tios e tias também tiveram filhos que nasceram na maternidade. Praticamente, toda a família Santos veio ao mundo dentro desse lugar”, narra Georgina.

A certidão de nascimento, feita ainda em 1959, é exibida com orgulho, mas Dona Georgina garante que o sentimento que tem pela maternidade não cabe em uma folha de papel. “O prazer de ser filha, junto com toda a minha família, da Maternidade Tsylla Balbino é imenso. Além de prazer, o carinho e a gratidão são grandes, pois fui muito bem acolhida e atendida na hora que mais precisei. Muita gente já passou, está aqui e ainda vai passar, mas a Tsylla continua a mesma, fazendo muito por quem chega precisando de cuidados”, assegura a baiana.

Estrutura

Atualmente, a MTB realiza mais de 400 partos e 1,2 mil atendimentos mensalmente. No que se refere à política estadual de atenção hospitalar, é uma maternidade de referência microrregional, com equipes multiprofissionais, formadas por médicos gineco-obstetras, cirurgiões e clínico, técnicas de enfermagem, enfermeiras, fisioterapeutas, psicólogas, odontólogas, assistentes sociais e nutricionistas.

A Tsylla Balbino possui 90 leitos ativos, sendo 75 obstétricos, 10 de Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCINCO) e cinco de Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCA). Outra curiosidade é que a Tsylla foi a primeira no estado e a segunda no Brasil a implantar o método canguru, que promove o contato pele a pele com recém-nascidos internados, facilitando a recuperação e o vínculo mãe-bebê.

Serviços

No local, é prestada assistência humanizada ao parto e nascimento. A diretora da unidade, Rita Calfa, destaca que “é uma maternidade estadual que presta atendimento a mulheres de todos os municípios da Bahia. Tudo é sempre voltado para as boas práticas do parto e nascimento e, por isso, é preconizado o contato pele a pele precoce, a amamentação na primeira hora de vida, o clampeamento oportuno do cordão umbilical e 98% a 99% das mulheres estão acompanhadas na hora dos parto”.

Diversos serviços são ofertados para as pacientes. O mais recente deles veio com a inauguração do Posto de Coleta de Leite Humano, na última sexta-feira (15). “O posto já está sendo muito procurado. Esse leite vai para a maternidade Iperba, onde passa pelo processo de pasteurização, e volta para ajudar os bebês que nasceram aqui na Tsylla”, explica Rita Calfa. A maternidade funciona por demanda espontânea, 24 horas por dia, nos sete dias da semana.

Veja também

Maioria dos estados que adota câmeras corporais nas polícias usa gravação ininterrupta

A maioria dos estados que adota câmeras corporais na Polícia Militar determina a gravação ininterrupta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas