quarta-feira 24 de abril de 2024
Foto: Ricardo Stuckert/PR
Home / EDUCAÇÃO / Lula sobre o Impa Tech: um gol de bicicleta criar a faculdade de matemática
terça-feira 2 de abril de 2024 às 19:21h

Lula sobre o Impa Tech: um gol de bicicleta criar a faculdade de matemática

EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS


“Em qualquer época que se marque um gol de bicicleta, ele é o mais bonito do jogo. Hoje estamos marcando um gol de bicicleta no Rio de Janeiro, criando a universidade, a faculdade de matemática, e que isso sirva de exemplo para o mundo inteiro”. Foi com essa frase que o presidente Lula da Silva (PT) definiu a simbologia da inauguração do curso superior de matemática do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), no Rio de Janeiro, na manhã desta terça, 2 de abril.

O espaço vai atender 100 alunos no primeiro ano, selecionados em olimpíadas de matemática, de física e química das escolas públicas brasileiras. Somente para 2024, o Governo Federal investirá R$ 18,7 milhões no IMPA Tech, que também contará com alojamento e apoio financeiro para os estudantes.

“Nós queremos que os nossos jovens estudem aqui, sejam mestres, doutores e senhores, porque o Brasil definitivamente quer deixar de ser um país pobre ou em vias de desenvolvimento. Seremos do tamanho da nossa capacidade de governar. Do tamanho do nosso sonho”, declarou Lula.

Medalhas

Natural de Rolim de Moura, no interior de Rondônia, Caio Vítor Ferreira da Costa é um dos selecionados. Depois de relembrar a infância em uma família com raízes na agricultura familiar, ele destacou a importância que a Olimpíada Brasileira de Matemática teve em sua trajetória. “Conquistei minha primeira medalha no sexto ano. E depois no sétimo, no oitavo, no nono ano. No primeiro ano do ensino médio, assim como no terceiro, também conquistei. Com a medalha vem reconhecimento e oportunidades. Estou aqui graças a essas oportunidades”, prosseguiu.

Alojamento e bolsa

Caio e todos os estudantes selecionados terão acesso a alojamento estudantil, sob responsabilidade da prefeitura do Rio, e apoio financeiro do Governo Federal, com bolsa de R$ 500 mensais e auxílio-alimentação de R$ 1.290 por mês. “Eu acho que todo filho da pessoa mais humilde, da pessoa de classe média baixa, tem direito de ter oportunidade de chegar a uma universidade e ter um diploma de doutor. Educação não é privilégio para rico, é um direito de todos. E educação não é gasto, é investimento. O Estado precisa assumir responsabilidade”, pontuou Lula.

Benefício amplo

O presidente enfatizou a importância dos professores na trajetória de cada um dos alunos e declarou que a educação não beneficia apenas aos estudantes, mas também à família e ao país. “Quem ganha não são só vocês individualmente. Quem ganha é o orgulho do pai e da mãe de vocês, dos irmãos, e é o orgulho desse país, que vai ter mão de obra altamente qualificada para disputar com o mundo em qualidade, produtividade e científica e tecnológica”.

Inovação

O bacharelado tem quatro anos. Os alunos farão um ciclo básico de um ano e meio e depois vão escolher entre Matemática, Ciência da Computação, Ciência de Dados e Física. Os alunos estudarão em um ambiente cercado de startups e empresas de tecnologia, no Porto Maravalley, hub de inovação da cidade. A ideia é que a proximidade contribua para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Respeito mundial

Com mais de 70 anos de história e respeitado mundialmente, o IMPA atua em pesquisas avançadas em matemática pura e aplicada e forma profissionais com elevado nível acadêmico. O IMPA Tech é financiado pelo Governo Federal, por meio do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), e conta com parceria da prefeitura do Rio de Janeiro.

Reforço ao PIB

Diretor-geral do Impa Tech, Marcelo Viana ressaltou que a matemática, mais do que uma ciência, desempenha papel importante na economia do país, e suas aplicações respondem por 4,6% do Produto Interno Bruto brasileiro. Ele destacou que em meio a tantas contribuições prestadas nos 72 anos de existência do Impa, ainda havia um componente, que finalmente foi adicionado nesta terça-feira. “Faltava a graduação. E é essa lacuna que estamos preenchendo. E não é uma graduação qualquer. Inserido num ecossistema de tecnologia e de inovação, o Impa Tech está voltado para formar e capacitar jovens em alto nível no uso da matemática e suas ferramentas para resolver os problemas do Brasil, para transformar o mundo por meio da matemática”.

Educação e tecnologia

A ministra Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovação) classificou o Impa Tech como a junção da educação com a tecnologia em busca de um futuro promissor. “Vamos associar meninas e meninos que tiveram desempenho de excelência com o currículo transdisciplinar, que é tão fundamental, e com os desafios que vão da transformação digital, da ciência da computação à inteligência artificial”. Ao destacar que o Impa Tech se soma a uma série de inovações na educação brasileira, como o programa Pé de Meia e o incremento da Educação em Tempo Integral, o ministro Camilo Santana disse que “esse é o caminho para construir um país soberano, justo, de oportunidades”.

Inteligência artificial

Para o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), a inauguração do Impa Tech abre uma porta que conectará os estudantes a uma das carreiras mais imprescindíveis de nosso tempo. “A tecnologia é a ferramenta que transforma esse conhecimento científico em soluções que melhoram a qualidade de vida das pessoas, tornando nossas cidades mais inteligentes e sustentáveis. A engenharia é o motor que impulsiona a aplicação prática dessas inovações, desenvolvendo infraestruturas que sustentam o crescimento econômico e a inclusão social. As cidades que investem em engenharia avançada se tornam polos de atração para negócios e talentos, gerando empregos e prosperidade”, afirmou o prefeito.

Em um exemplo de como a tecnologia de ponta pode auxiliar as pessoas, Paes revelou que fez uso de uma ferramenta de inteligência artificial para escrever parte do discurso que leu na cerimônia de hoje. “A matemática, a linguagem universal, oferece as ferramentas para analisar e resolver problemas complexos em todos os campos, da logística urbana ao gerenciamento de recursos. Uma população com forte embasamento matemático está melhor preparada para enfrentar os desafios do futuro”, prosseguiu.

Veja também

Pela primeira vez na história Portugal assume culpa por escravidão

O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou que Portugal deve pagar por todos os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas