terça-feira 28 de maio de 2024
Home / NOTÍCIAS / ‘Lava Jato não olha a quem’, diz senador sobre Temer; veja repercussão no ‘mundo’ político
quinta-feira 21 de março de 2019 às 13:20h

‘Lava Jato não olha a quem’, diz senador sobre Temer; veja repercussão no ‘mundo’ político

NOTÍCIAS


Políticos de vários partidos se manifestaram sobre a prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB) pela força-tarefa da Operação Lava Jato, nesta quinta (21). Veja a repercussão da prisão até agora:

Movimento Democrático Brasileiro (MDB) – “O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa”.

Carlos Marun, ex-ministro (MDB), disse ao G1 – “Trata-se de mais um pusilânime caso de exibicionismo judiciário.”

Ivan Valente, líder do PSOL, disse ao G1 – “Entendemos que é tardio até esse processo. Ele precisa ser investigado e punido. Uma crise muito grande do governo Bolsonaro. Bolsonaro apoiou o impeachment, apoiou governo Temer e também precisa se explicar. Que o Temer precisa ser investigado e punido não tenho menor dúvida”.

Major Olímpio (PSL-SP)

Lasier Martins (Pode-RS) disse ao UOL: “Sinal de que a força-tarefa da Lava Jato não olha a quem. [Investiga] Indistintamente todos os partidos. É lamentável, mas é algo que já se tinha sinal há algum tempo.”

Paulo Paim (PT-RS) disse ao UOL: “Recebo sem surpresa alguma. Isso é um fato previsto para todos aqueles que estão na vida pública. Começou quando afastaram a Dilma aqui. É um efeito dominó e vai ocorrer com todos aqueles que têm respostas a dar.”

Defesa de Michel Temer afirma que prisão ‘é uma barbaridade’

Veja também

João Leão se reúne com Neto Badaró, pré-candidato a prefeito de Itabuna

No último sábado (25) o pré-candidato a prefeito de Itabuna, Neto Badaró (PP), promoveu um …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas