quarta-feira 19 de junho de 2024
Os criminosos geralmente aproveitam que alguns idosos são alvos mais fáceis para esse tipo de golpe (Crédito: Agência Brasil)
Home / INSS / Justiça libera R$ 1,3 bilhão de atrasados a mais de 83 mil beneficiários do INSS
terça-feira 23 de maio de 2023 às 06:14h

Justiça libera R$ 1,3 bilhão de atrasados a mais de 83 mil beneficiários do INSS

INSS, NOTÍCIAS


O Conselho da Justiça Federal liberou R$ 1,3 bilhão para os Tribunais Regionais Federais pagarem 83.761 beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O montante é correspondente a RPVs (Requisições de Pequeno Valor) autuadas em 64.634 processos encerrados no mês de abril, que vão beneficiar revisões de aposentadorias, auxílios-doença e pensões.

As Requisições de Pequeno Valor correspondem a valores atrasados de até 60 salários mínimos (R$ 78.120,00), pagos em ações propostas no Juizado Especial Federal. Agora, cabe aos TRFs (Tribunais Regionais Federais), segundo cronogramas próprios, o depósito dos recursos financeiros liberados aos beneficiários.

Ao todo, foram liberados em RPVs R$ 1,6 bilhão, favorecento 113.598 processos e 141.372 beneficiários. Desse valor, R$ 1,3 bilhão é para o INSS pagar os segurados que entraram na Justiça.

Com relação ao dia em que as contas estarão efetivamente disponíveis para saque, a informação deve ser buscada na consulta de RPVs no portal do Tribunal Regional Federal correspondente. Também é possível consultar o advogado responsável pela ação para conhecer a data em que a ordem de pagamento foi emitida pela Justiça.

Evelyn dos Santos Almeida, especialista em direito previdenciário do Ferrareze e Freitas Advogados, explica que as RPVs devem ser pagas pelo INSS no prazo de 60 dias após o protocolo da requisição.

Para aqueles que desejam solicitar uma revisão, Evelyn orienta a busca por um profissional qualificado. “Os segurados do INSS que desejam realizar revisões, auxílio-doença ou pensões devem buscar um advogado especialista na área previdenciária, que realizará o cálculo do benefício e irá identificar se houve erro”, afirma ela

Em caso de precatórios (pagamentos acima de 60 salários mínimos), a especialista indica que os beneficiários, caso inscritos até 30 de junho, terão como calendário de pagamento todo o próximo ano. Já os inscritos após 1º de julho, o calendário de pagamento será somente em 2025.

Veja quanto cada tribunal vai pagar e os sites para consulta

TRF da 1ª Região (DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP)

• Geral: R$ 629.508.015,49

• Previdenciárias/Assistenciais: R$ 552.201.535,54 (27.492 processos, com 32.134 beneficiários)

Veja também

Deputados petistas defendem saída antecipada de Campos Neto do Banco Central: ‘Única saída’

As falas duras do presidente Lula da Silva (PT) em entrevista à rádio CBN ecoaram …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!