segunda-feira 22 de abril de 2024
Foto: Divulgação
Home / Mundo / MUNDO / Investimentos em infraestrutura e sustentabilidade são pautas que unem Brasil e Países Baixos
quinta-feira 22 de fevereiro de 2024 às 17:41h

Investimentos em infraestrutura e sustentabilidade são pautas que unem Brasil e Países Baixos

MUNDO, NOTÍCIAS


Ampliar o diálogo com parceiros internacionais para trazer mais investimentos aos portos e aeroportos brasileiros e expandir a infraestrutura dos modais de transportes são alguns dos compromissos assumidos pelo Governo Federal. Com esse objetivo, o titular do Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), Silvio Costa Filho, recebeu na manhã desta quinta-feira (22) a vice-embaixadora dos Países Baixos, Afke Mulder, e sua comitiva para tratar sobre a ampliação do mercado bilateral entre os dois países.

Durante o encontro, Silvio Costa Filho falou sobre a importância da troca de intercâmbio comercial entre ambos os países. Na área portuária, o ministro citou o porto de Roterdã, maior porto marítimo da Europa, como um exemplo para os demais portos do mundo. Quanto ao modal aeroportuário, o titular do MPor destacou que pretende criar maior capilaridade do Brasil com as demais nações, em especial os Países Baixos.

“A gente está trabalhando para fazer novos parceiros internacionais, companhias aéreas que queiram operar no Brasil, então é muito importante se vocês puderem abrir esse diálogo com esse setor, por que nós estamos prontos e é fundamental para fomentar voos para o Brasil”, destacou Costa Filho.

Agenda ambiental

Além da troca de experiência sobre as iniciativas que estão sendo adotadas por Brasil e Países Baixos, o encontro também tratou sobre temas fundamentais que estão na agenda de prioridade do planeta: sustentabilidade, inovação e transição energética. Cada vez mais, o Governo Federal tem dado ênfase e prioridade a pauta ligada ao desenvolvimento sustentável.

Segundo Silvio Costa Filho, o Ministério de Portos e Aeroportos está, atualmente, “concentrando esforços no desenvolvimento de ações em diferentes áreas de atuação. Uma delas é discutir a agenda ambiental, como os navios e portos verdes e novas operações que dialogam com a sustentabilidade ambiental”.

Nessa temática, a vice-embaixadora dos Países Baixos Afke Mulder, ressaltou que é fundamental “fortalecer os negócios e os sistemas logísticos. De acordo com a diplomata, “o mundo precisa estar preparado para o hoje, pensando nos mercados do futuro, industrialização verde, transição energética e combustível sustentável de aviação”.

Parceiros privados

O ministro também mencionou que tem buscado ampliar os serviços e a infraestrutura do país por meio de parceria público-privada. “Nos próximos três anos teremos o leilão de 35 ativos na B3 que vão gerar mais de R$ 60 bilhões para o país. Com isso, estamos demonstrando a importância que os parceiros privados têm no processo de modernização das nossas infraestruturas. A gente tem que estimular aqueles que acreditam no Brasil e ajudar o setor produtivo”, destacou Costa Filho.

Veja também

R$ 5 bilhões por noite: guerra ampliada entre Irã e Israel traria alto risco econômico

O ataque sem precedentes do Irã contra o território israelense na semana passada, e a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas