quarta-feira 18 de maio de 2022
Acidente aconteceu nesta quinta-feira (9) pouco antes das 15h30 em horário local - Foto: Reuters
Home / Mundo / MUNDO / Imigração: ao menos 53 morrem em acidente no México com caminhão que levava guatemaltecos e salvadorenhos
sexta-feira 10 de dezembro de 2021 às 05:54h

Imigração: ao menos 53 morrem em acidente no México com caminhão que levava guatemaltecos e salvadorenhos

MUNDO, NOTÍCIAS


Pelo menos 53 pessoas morreram nesta última quinta-feira (9) em um acidente com um caminhão no Estado de Chiapas, no México.

O secretário de Proteção Civil de Chiapas, Luis Manuel García Moreno, informou que pelo menos 107 pessoas viajavam na carreta e que a maioria era da Guatemala e de El Salvador.

Cerca de 60 pessoas ficaram feridas, três delas gravemente, e foram levadas para diferentes hospitais.

De acordo com a mídia mexicana, o motorista do caminhão fugiu após o acidente, que ocorreu pouco antes das 15h30 no horário local, na rodovia Panamericana. O veículo vinha do município de Comitán, na fronteira com a Guatemala.

Segundo os moradores da região, que foram os primeiros a chegar ao local do acidente e a prestar ajuda às vítimas, o caminhão andava com “excesso de velocidade” e perdeu o controle em uma curva acentuada, antes de bater na estrutura de uma passarela de pedestres.

Com isso, a carreta que transportava passageiros se desprendeu e as vítimas se espalharam pela estrada.

Bombeiros, agentes da Proteção Civil e da Cruz Vermelha se dirigiram ao local para fazer resgates. Moradores e motoristas que passavam pela estrada cederam seus veículos para levar os feridos aos hospitais.

“Minhas condolências às vítimas e famílias afetadas. Em comunicação com o Governo do Estado e a Proteção Civil. Entramos em contato com as chancelarias dos países afetados”, tuitou o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard.

O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, também escreveu no Twitter: “Lamento profundamente a tragédia no Estado de Chiapas e me solidarizo com os familiares das vítimas, às quais oferecemos toda a assistência consular necessária, inclusive repatriações.”

De acordo com a mídia local, alguns migrantes que saíram ilesos do acidente se apresentaram ao Instituto Nacional de Migração, que também está oferecendo apoio no local.

Veja também

Líder do Governo na AL-BA dialoga com comunidade LGBTQUIA+

“É lamentável, mas necessário, que no século XXI a gente tenha que construir uma lei …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!