quinta-feira 20 de junho de 2024
Foto: Ag. Câmara
Home / DESTAQUE / Gestão de Arthur Lira é aprovada por 50% dos deputados e apostam em quem ele indicar
quarta-feira 22 de maio de 2024 às 18:48h

Gestão de Arthur Lira é aprovada por 50% dos deputados e apostam em quem ele indicar

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Metade dos integrantes da Câmara dos Deputados avalia de forma positiva a gestão de Arthur Lira (PP-AL) como presidente da Casa. São 37% os que consideram a atuação do deputado “regular”, e 11% a classificam como “negativa”. Os dados são de recorte da nova pesquisa Genial/Quaest revelado pela Globonews e obtido pelo GLOBO.

Lira tem sua gestão mais bem avaliada pelos deputados do que o presidente Lula, que tem o governo aprovado por 32% dos parlamentares entrevistados, contra 42% que o reprovam e 26% que o consideram “regular”. A pesquisa considerou uma amostra de 183 deputados federais.

A aprovação do trabalho de Lira é mais acentuada entre os deputados que se declaram “independentes”: 65% desse grupo avalia positivamente a gestão do atual presidente da Câmara. Dentre os parlamentares de oposição, a aprovação de Lira é de 53%, taxa que cai para 38% entre os governistas — nesse grupo, 48% avaliam o trabalho do deputado do PP como “regular”.

Ainda segundo o levantamento, 52% dos membros da Câmara acham ser “mais provável” que o próximo presidente da Casa, a ser eleito em fevereiro do ano que vem, será alinhado a Arthur Lira. São 19% os que dizem acreditar que o sucessor do alagoano será alinhado ao governo federal, e 9% acham que o próximo presidente da Câmara terá alinhamento com o bolsonarismo — o mesmo percentual acha que o eleito não terá ligação com nenhuma dessas três vertentes.

Apesar de a maioria esperar que os interesses Lira prevalecerão no pleito de fevereiro, o nome de Antonio Brito (PSD-BA), deputado que agrada ao Planalto, foi o mais citado como possível voto na disputa pelo comando da Câmara. Foram 23% dos entrevistados que manifestaram a intenção de votar no baiano, contra 15% que se disseram inclinados a apoiar Elmar Nascimento (União-BA), 13% que declaram apoio a Marcos Pereira (Republicanos-SP), e 10% que preferem Isnaldo Bulhões (MDB-AL). Faltando nove meses para a disputa, ainda são 30% os que dizem não saber em quem votarão.

Brito é o favorito de 30% dos deputados que integram a base aliada do governo, e curiosamente é também o que obteve maior taxa numérica (18%) de menções entre os parlamentares da oposição. Já Elmar Nascimento, o nome favorito de Lira, é o que obtém maior apoio (30%) entre os independentes.

Na opinião de 73% dos deputados, Lira terá “alta” influência na definição de seu sucessor, percepção que se estende em patamares semelhantes entre governistas, independentes e deputados da oposição. Só 7% acham que o atual presidente terá influência “baixa” na eleição de fevereiro.

Contratada pela Genial Investimentos, a Quaest ouviu 183 deputados federais entre 29 de abril e 20 de maio, por meio de entrevistas presenciais e a aplicação de um questionário online. A proporção de deputados entrevistados considera a divisão de cadeiras por região do país. A margem de erro é estimada em 4,8 pontos percentuais para mais ou menos.

Veja também

Tiroteio durante assalto a carro-forte em aeroporto do RS deixa dois mortos: PM revela detalhes; ve

Na noite desta última quarta-feira (19) uma tentativa de assalto a um carro-forte no Aeroporto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!