quinta-feira 13 de junho de 2024
Home / DESTAQUE / Funcionários de estatais custam R$ 700 milhões para União

Funcionários de estatais custam R$ 700 milhões para União

segunda-feira 30 de julho de 2018 às 07:37h

User Rating: Be the first one !

O governo federal gasta mais de R$ 700 milhões ao ano para reembolsar empresas estatais que cederam funcionários ao Executivo.

Hoje há quase 6.000 empregados das estatais não dependentes que atuam em ministérios, Planalto e outros órgãos federais, segundo levantamento do Ministério do Planejamento feito a pedido da Folha.

O governo tem que fazer reembolsos às estatais que são classificadas como não dependentes do Tesouro com os valores referentes a salário, gratificações, adicionais de tempo de serviço e contribuição para o FGTS, entre outros.

A existência de 300 carreiras no Executivo é apontada pelo governo como um fator que engessa a gestão de pessoas, porque dificulta o processo de alocar os funcionários para áreas com maior demanda.

Nesse cenário e com a diminuição dos concursos devido a restrições orçamentárias, integrantes do governo reconhecem que deslocar empregados de estatais é, muitas vezes, mais simples. Nessas empresas, as carreiras costumam ser mais genéricas que as do governo federal.

O mecanismo é usado em situações específicas. Esses quase 6.000 empregados representam apenas 1% do total de 633 mil servidores civis ativos no Executivo.

 

Por David Santos / Folha online.

Veja também

Leilão do arroz: CGU abre investigação para apurar suspeitas em importação

A Controladoria-Geral da União (CGU) decidiu abrir, nesta última quarta-feira (12), uma investigação sobre os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!