segunda-feira 24 de junho de 2024
Foto: Avalon_Studio/Getty Images
Home / CURIOSIDADES / Feriado de Corpus Christi: o que se comemora nessa data, afinal?
quinta-feira 30 de maio de 2024 às 09:43h

Feriado de Corpus Christi: o que se comemora nessa data, afinal?

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS


Mas por que, todo ano, o feriado de Corpus Christi sempre cai em alguma quinta-feira? Bom, se você não é muito religioso, talvez precise se interessar um pouquinho para entender a origem desse feriado, celebrado desde 1264.

O nome da efeméride já dá pistas sobre o que ela significa: corpus Christi, em latim, quer dizer “corpo de Cristo”. A data é usada pelos católicos (e alguns cristãos anglicanos) para lembrar a morte e a ressurreição de Jesus.

E por que sempre quinta-feira? A comemoração acontece exatamente 60 dias após a Páscoa, mas o feriado se dá quase sempre em junho, neste ano, foi em maio – a Última Ceia, o jantar derradeiro de Jesus com seus discípulos antes de morrer, teria acontecido nesse dia da semana. Segundo a Bíblia, foi nessa ocasião que Cristo disse que o pão simboliza seu corpo e o vinho, seu sangue. Por isso, esses dois ingredientes representam as cerimônias de Corpus Christi, conforme Luiza Monteiro, da revista Super.

O que determina em qual quinta-feira do mês acontecerá o feriado é outra data do calendário cristão: o Domingo da Santíssima Trindade. A quinta seguinte a esse domingo será o Corpus Christi. O tal Domingo da Santíssima Trindade é sempre o domingo seguinte ao Pentecostes – que, por sua vez, ocorre 50 dias após o domingo de Páscoa.

Embora a escolha do dia da semana – quinta-feira – tenha um significado simbólico, associado à Santa Ceia, o fato desta quinta-feira vir após o Domingo da Santíssima Trindade parece ter sido determinado arbitrariamente. Dê só uma olhada no documento do papa Urbano IV, em que ele institui a data.

No Brasil – assim como em outros países majoritariamente católicos, como Portugal e França – o Corpus Christi é um feriado nacional. O costume de celebrar a data veio com a chegada dos portugueses no século 16 e até hoje é uma tradição em cidades de todo o país, como Ouro Preto (MG), Paraty (RJ) e Pirenópolis (GO). O ritual envolve enfeitar as ruas com tapetes feitos de serragem tingida, palha, areia e outros materiais.

A história do Corpus Christi

A comemoração entrou no calendário da Igreja Católica no século XIII, por decisão do papa Urbano IV, que liderou a Igreja entre 1261 e 1264. Mas ele não fez isso da própria cabeça.

Uma freira belga chamada Juliana de Mont Cornillon teria sido uma das responsáveis por inspirar o pontífice. Segundo historiadores, a jovem dizia ter visões e sonhos que foram interpretados como sinais de que a Igreja precisava celebrar devidamente a eucaristia – isto é, a morte e a ressurreição de Cristo, para os católicos.

Outro acontecimento que teria motivado o papa da época a instituir o Corpus Christi foi um suposto milagre que aconteceu após um encontro, em Roma, de Urbano IV com um sacerdote da Boêmia (que hoje inclui regiões da Alemanha, da Polônia e da Áustria). Enquanto voltava para casa, o sacerdote parou em Bolsena, na Itália, para uma cerimônia da eucaristia. Durante o ritual, uma hóstia teria jorrado sangue.

O episódio ficou conhecido como Milagre de Bolsena e, quando chegou aos ouvidos do papa, ele decidiu oficializar a criação do Corpus Christi. A data se popularizou durante o século seguinte e virou uma das principais festas de países adeptos do catolicismo. Nossa paz de espírito agradece.

Veja também

Pesquisadores ouvem comunidades sobre avanço da água salgada no São Francisco

Agentes da Embrapa promoveram, na última quarta-feira (19), em Brejo Grande, Sergipe, uma reunião para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!