sábado 13 de julho de 2024
Foto: Divulgação
Home / JUSTIÇA / “Controle seu cliente”, diz juiz ao advogado do ex-presidente Trump em audiência
sexta-feira 12 de janeiro de 2024 às 07:47h

“Controle seu cliente”, diz juiz ao advogado do ex-presidente Trump em audiência

JUSTIÇA, MUNDO, NOTÍCIAS


Pré-candidato à tentar a presidência dos Estados Unidos por uma segunda vez, o empresário e ex-presidente Donald Trump transformou uma audiência de um processo no qual é acusado por fraude em um grande evento midiático nesta última quinta-feira (11), em Nova York, conforme o portal Metrópoles.

Trump insistiu em ir pessoalmente ao tribunal, confrontou o juiz, tentou fazer um discurso político e foi repreendido pelo magistrado em uma ordem a seu advogado: “Controle seu cliente”, disse o juiz Arthur Engoron, após ser interrompido por Trump.

O ex-presidente pelo partido Republicano enfrenta um processo no qual é acusado de fraude financeira por meio de suas empresas. A promotoria o acusa de ter superfaturado o valor de ativos e propriedades entre US$ 812 milhões e US$ 2,2 bilhões de 2014 a 2021. Em reais, o valor gira entre R$ 2,1 bilhões e R$ 12,2 bilhões. O objetivo da fraude, diz a acusação, seria conseguir melhores condições de crédito em instituições bancárias.

Esse é um dos processos mais avançados contra Trump e que pode ter uma sentença condenatória antes das eleições, o que sua campanha considera muito negativo. Por isso, a estratégia do ex-presidente nesse e em outros processos tem sido tentar postergar o andamento.

Trump não precisava ter ido a essa audiência em Nova York, mas fez questão e tentou falar várias vezes, apesar das objeções do juiz. Ele também deu entrevistas fora do tribunal e em uma de suas residências, gerando grande cobertura midiática nos EUA e no mundo.

“Esta é uma caça às bruxas política”, disse Trump, ao se dirigir a Engoron num momento não programado no tribunal. “O que aconteceu aqui, senhor, é uma fraude”, alegou ele, que já acusou o juiz e a a procuradora-geral de Nova Iorque, Letitia James, de serem “agentes” do Partido Democrata, de seu possível adversário, o presidente Joe Biden.

Em um dos pedidos do advogado para que Trump falasse, o juiz perguntou se ele iria se ater aos fatos do processo. “Acho que este caso vai além dos fatos”, respondeu Trump, aproveitando para lançar um discurso de cinco minutos. “Temos uma situação em que sou um homem inocente. Fui perseguido por alguém que está concorrendo a um cargo público e acho que é preciso sair dos limites”, insistiu ele.

Ao ser interrompido pelo juiz, Trump disse: “Você tem sua própria agenda, eu entendo isso”. Foi então que o juiz rebateu: “Senhor, Kise, por favor, controle seu cliente”, falando ao advogado e referindo-se a Trump, que se calou.

As eleições presidenciais nos EUA acontecem apenas em novembro deste ano, mas tanto Trump quanto Biden já adotam discursos de campanha e têm se atacado mutuamente.

Veja também

Parceria entre Shein e Coteminas nunca saiu do papel, diz jornal

Anunciado há cerca de um ano com apoio do governo, o acordo de parceria para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!