segunda-feira 15 de julho de 2024
Foto: Caramuru Alimentos/Divulgação
Home / NEGÓCIOS / Comercialização de etanol de soja é iniciada no Brasil
quarta-feira 16 de agosto de 2023 às 18:36h

Comercialização de etanol de soja é iniciada no Brasil

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


A Caramuru Alimentos, uma das líderes no mercado de processamento de soja, milho, girassol e canola, acaba de anunciar que iniciou a comercialização do etanol hidratado de soja produzido em seu complexo industrial de Sorriso, em Mato Grosso.

A iniciativa da produção do biocombustível etanol, com a matéria-prima soja, é pioneira na indústria global (as experiências atuais são a partir de cana-de-açúcar, milho ou beterraba).

Conforme comunicado da companhia, o etanol é produzido a partir do melaço de soja, resultante do processamento da Proteína Concentrada de Soja (SPC).

Neste processo, todo o potencial dessa matéria-prima é reaproveitado com alta eficiência energética, minimizando os impactos ambientais.

Capacidade de produção de etanol de soja

A unidade industrial de Sorriso tem capacidade anual de 9,5 milhões de litros de etanol hidratado. Destes, 72% serão comercializados no mercado interno brasileiro e 28% consumidos na planta como insumos.

Atualmente, as empresas precisam comprar etanol no mercado e utilizá-lo como solvente para produzirem o concentrado proteico.

Com a produção própria de etanol, as indústrias de SPC conseguem eliminar a necessidade de compra do insumo, explicou a Caramuru.

Projeto pioneiro

Na unidade, a empresa já produz farelo de soja hipro, óleo, lecitina e SPC. Ao processar a soja, serão produzidos simultaneamente energia elétrica (por meio da cogeração), biodiesel e etanol hidratado.

O projeto é tido como pioneiro e inovador e foi financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação.

A planta é uma das primeiras no Brasil e no mundo a produzir etanol de soja em escala comercial. A ampliação do complexo industrial da Caramuru em Sorriso proporcionará a criação de 60 novos empregos diretos e 200 indiretos.

Veja também

Moema Gramacho é precursora: ‘Cavalos nas ruas de Lauro de Freitas é uma extensão da SESP para podar grama’

No podcast InOff nesta semana, o apresentador Matheus Morais e pré-candidato a vereador de Lauro …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!