quinta-feira 30 de maio de 2024
Home / DESTAQUE / Chaveiro diz que ex-mulher acusou Bolsonaro de roubo quando viu cofre vazio

Chaveiro diz que ex-mulher acusou Bolsonaro de roubo quando viu cofre vazio

domingo 30 de setembro de 2018 às 09:05h

As acusações da advogada Ana Cristina Vale contra o ex-marido, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), coincidem com a versão dada pelo chaveiro Jalmir Araújo de Azevedo, contratado por ela para arrombar o cofre que mantinha no Banco do Brasil, em 2007.

Jalmir foi localizado pelo jornal O Globo e disse que Ana Cristina lhe chamou por estar com dificuldades para abrir o cofre com a chave de que dispunha. Quando o chaveiro concluiu o serviço, no entanto, encontrou o cofre vazio. À época, a advogada creditou o sumiço dos pertences a Bolsonaro.

“Quando viu que não tinha nada lá, a mulher do Jair Bolsonaro disse que foi roubada e chamou todo mundo de ladrão. Ela endoideceu e começou a gritar que o ex-marido, mancomunado com o Banco do Brasil, foi lá e tirou tudo dela”, declarou Jalmir.

Ana Cristina Vale também acusa Bolsonaro, segundo documentos publicados pela revista Veja, de ocultação de bens e ameaça de morte.

Veja também

Governo tem choque de realidade e não sabe lidar com Congresso conservador

As derrotas desta semana escancararam no Planalto a dificuldade na relação com o Congresso: em minoria, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas