sábado 13 de julho de 2024
Foto: Bruno Concha/Secom
Home / CARNAVAL / Balanço: Carnaval de Salvador tem queda no número de autuações no trânsito
terça-feira 13 de fevereiro de 2024 às 14:00h

Balanço: Carnaval de Salvador tem queda no número de autuações no trânsito

CARNAVAL, NOTÍCIAS


A prefeitura de Salvador, por meio da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) registrou queda de 35% no número de autuações registradas durante o Carnaval 2024. Até a madrugada desta terça-feira (13), foram 12.981 notificações, contra 19.925 no mesmo período do ano passado.

Com 23 guinchos atuando durante a folia, até a madrugada desta terça-feira (13), foram removidos 347 veículos aos pátios da Transalvador. O número é 3,5% maior que o de apreensões em 2023, quando 335 veículos foram guinchados. As principais autuações foram referentes a estacionamento irregular.

Transporte

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) registrou mais de 363 mil pessoas utilizaram o transporte coletivo por ônibus, táxis, mototáxis e ascensores – do total, mais de 332 mil passageiros foram transportados nos ônibus, sendo quase 308 mil nas linhas que operam no entorno do circuito e pouco mais de 24 mil pessoas no Expresso Salvador. O serviço exclusivo que leva os foliões aos circuitos partindo dos principais shoppings da cidade, teve um aumento de 48% na demanda de passageiros se comparada com a segunda de carnaval de 2023.

A linha Lapa

Calabar foi responsável por transportar quase 103 mil pessoas e realizou aproximadamente 3 mil viagens. O número de passageiros foi 18% maior do que o registrado na segunda de Carnaval, em 2023. Ocorreram seis atos de vandalismo em ônibus coletivos.

Nos ascensores, o Elevador Lacerda transportou 17,1 mil passageiros e mais de 2 mil utilizaram o Plano Inclinado Liberdade-Calçada. Os táxis e mototáxis foram responsáveis por transportar quase 11,5 mil pessoas.

Foram realizadas blitze de combate ao transporte clandestino de passageiros nos circuitos. Ao todo, 52 veículos foram abordados dos quais 22 foram removidos ao pátio.

Assistência social

Durante a campanha de combate ao trabalho infantil “Criança Não É Mão de Obra”, as equipes da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) realizaram 2.071 abordagens nesta segunda-feira (12), com 156 cadastros realizados e identificados 127 casos de vulnerabilidade social. Foram flagradas, ainda, 23 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, três encaminhamentos realizados para o Salvador Acolhe e 34 encaminhamentos diversos para os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), além do Conselho Tutelar e demais órgãos da rede.

Já o Serviço Especializado em Abordagem Social realizou 225 abordagens, com 73 cadastros efetuados, duas crianças/adolescentes flagradas em situação de trabalho infantil, três encaminhamentos diversos e um acolhimento realizados.

O Catafolia, serviço de apoio aos catadores no Carnaval de Salvador, atendeu 137 trabalhadores, com o oferecimento de 2.890 refeições, 65 abordagens, 73 cadastros, um encaminhamento para serviços diversos e dois acolhimentos realizados.

Os Camarotes Acessíveis em Ondina (Circuito Dodô), Campo Grande e Piedade (Circuito Osmar) receberam 571 pessoas, dentre idosos, pessoas com deficiência (PCD) e acompanhantes.

Guarda Municipal

A Guarda Civil Municipal (GCM) registrou apenas sete ocorrências na segunda-feira (12), penúltimo dia oficial do Carnaval de Salvador. Dentre as ocorrências está a recuperação do celular de uma vítima de furto, após os agentes do Grupamento de Rondas da Capital (Rondac/GCM) serem acionados pelos seguranças do bloco Crocodilo, no Circuito Dodô (Barra/Ondina). O responsável pelo crime usava tornozeleira eletrônica e foi conduzido para a Central de Flagrantes.

Além disso, mais de 13 mil crianças receberam pulseirinhas de identificação nos circuitos da folia. Mais de 134 documentos perdidos foram recolhidos pelos agentes.

Comércio e poluição sonora

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) apreendeu mais de 2.813 unidades de bebidas irregulares na região da Barra e Ondina, nesta segunda-feira (12). Os itens apreendidos como cervejas, refrigerantes, águas e bebidas destiladas não estavam relacionados aos patrocinadores oficiais do Carnaval e também armazenados em garrafas de vidro.

No sexto dia de festa, o órgão realizou também 331 vistorias nos circuitos oficiais do Carnaval (Dodô, Osmar, Batatinha e nos bairros) em atividades, balcões, bares, praticáveis, camarotes marquises, palcos, depósitos e em estabelecimentos comerciais.

Além disso, foram emitidas 42 notificações e 26 orientações, entre as quais recomendação para que os trios não utilizem as serpentinas, atividade comercial sem licença e venda proibida de bebidas em garrafas de vidro.

Foram feitas, ainda, 34 vistorias em camarotes, resultando em 21 notificações. O órgão apreendeu na Barra cerca de 1.289 itens de publicidade irregular (copos, viseiras, abanos), por não possuir autorização do órgão. Ao todo, foram realizadas 48 vistorias sonoras e 135 monitoramentos de trios e palcos.

Limpeza

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) inicia a operação de limpeza nos circuitos a partir da meia-noite, no final da programação do dia, e encerra às 6h, efetuando posteriormente manutenção com as equipes de passarela. No quinto dia oficial de folia, a pasta coletou 92,6 toneladas, sendo 37 toneladas no Circuito Dodô, 46 toneladas no Circuito Osmar e 9,6 toneladas no Circuito Batatinha. O total de resíduos coletados até o momento foi de 1,4 mil toneladas.

A ação do “Plástico é Vida, Reciclando na Avenida” coletou aproximadamente 4 toneladas de resíduos plásticos no Circuito Dodô, no quinto dia. No final do quarto dia, as oito Centrais de Apoio ao Catador coletaram um quantitativo aproximado de 27,2 toneladas. Nos cinco dias de carnaval, já foram coletadas 108,4 toneladas.

Ouvidoria

No penúltimo dia oficial do Carnaval de Salvador, nesta segunda-feira (12), a Ouvidoria Geral do Município (OGM) totalizou 20.728 mil registros, sendo 99,4% contabilizadas pelas equipes de rua e 0,6% atendidas pelo atendimento do Fala Folião 156. Entre os elogios dos foliões à Ouvidoria, o destaque foram os locais de pontos de hidratação, ventilação e a distribuição de protetor solar.

Em relação ao carnaval de 2023, houve um acréscimo nos registros de 24,12% no número de atendimentos. Nesses cinco dias destaca-se o aumento na quantidade de informação/orientação e solicitação de serviço. Do total, 40,60% dos registros foram sobre os locais de pontos de hidratação e ventilação, distribuição de pulseiras de identificação para crianças e horários das atrações, dentre outros.

Mulher, criança e adolescente

Na segunda-feira (12), a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) abrigou 468 crianças nos cinco Centros Salvador Acolhe (Casa da Amizade, Santa Terezinha, Oswaldo Cruz, Casa da Providência e Hildete Lomanto). Do total, 28% são da faixa etária de 0 a 3 anos; 28% de 4 a 6 anos; 36% de 7 a 11 anos; e 8% de 12 a 17 anos.

O Centro de Referência de Atenção à Mulher (Cram) registrou 21 ocorrências de violência todas por Importunação Sexual e 455 buscas por Informações.

Turismo

De acordo com o levantamento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), a taxa de ocupação hoteleira em Salvador no penúltimo dia oficial do Carnaval, na segunda-feira (12), foi de 89%, superando o mesmo período de 2023, que foi de 79,3%.

Na Rodoviária, chegaram 518 ônibus e 13.560 passageiros desembarcados, um número 42,7% superior a 2023. Já o Aeroporto registrou 62 pousos, com 9.053 passageiros desembarcados – índice de cerca de 20% superior a 2023, quando foram registrados 51 pousos e 7.292 passageiros desembarcados. Já no Porto houve dois navios atracados, com 6.032 passageiros no total.

Manutenção

Na segunda-feira (12), as equipes da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) realizaram a desobstrução por jateamento de 1.315 metros de rede de drenagem, a limpeza de 1.387 metros de calhas e a limpeza manual de 385 caixas de sarjeta (bocas de lobo). A manutenção da malha viária

registrou a aplicação de 600 quilos de asfalto frio. Foi realizada, também, uma poda emergencial na Rua Plinio Moscoso, Jardim Apipema, e a coleta de dois galhos caídos no Circuito Dodô (Barra/Ondina).

As equipes da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) estão atuando conjuntamente com as equipes da Seman nas ações de desobstrução e limpeza do sistema de drenagem e recuperação pontual de passeios em concreto. Os serviços do órgão estão concentrados no Centro Histórico (Santo Antônio, Pelourinho, Rua Chile e Praça da Sé), Cajazeiras X (Campo da Pronaica) e Itapuã.

Comércio ambulante

No acumulado dos cinco dias oficiais de folia, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) realizou 9.672 ações e 4.152 abordagens e orientações aos ambulantes nos circuitos da folia. No período, foram apreendidos 2.240 itens considerados perigosos, como facão e objetos de vidro.

Um dos destaques na segunda-feira (12) foi a apreensão de 10kg de carne, pelas equipes da Semop, em um sanitário químico situado no Circuito Dodô (Barra/Ondina). O material foi encaminhado para descarte.

Iluminação

No penúltimo dia oficial do Carnaval de Salvador, na segunda-feira (12), a Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Semop, registrou 14 ocorrências de manutenção, sendo quatro no Circuito Dodô (Barra/Ondina), oito no Osmar (Centro) e duas no Circuito Batatinha (Pelourinho). Os serviços foram iniciados ainda durante a madrugada e foram finalizados na manhã desta terça-feira (13).

No Circuito Dodô, um poste foi danificado e houve uma ocorrência de falta de energia. A equipe executou o serviço imediatamente e reestabeleceu a iluminação. Já no Circuito Osmar, equipes da Dsip registraram uma situação de risco por fiação em curto. O mesmo ocorreu no Circuito Batatinha, onde a rede de internet energizou um poste. As ocorrências foram solucionadas imediatamente.

Salvamento marítimo

Na segunda-feira (12), a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), vinculada à Semop, realizou 2.437 ações de prevenção nas praias do Circuito Dodô (Barra/Ondina). Os salva-vidas fizeram oito resgates de afogamentos não fatais, sendo um de morador de Salvador, três de visitantes e cinco de turistas.

Veja também

Projeto confere a Barra do Choça na Bahia o título de “Capital Estadual do Café”

Os deputados estaduais Eduardo Salles (PP) e Tiago Correia (PSDB) apresentaram um projeto conjunto na …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!