segunda-feira 24 de junho de 2024
Os presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e do Senado, Rodrigo Pacheco, durante cerimônia no Palácio do Planalto, em junho do ano passado - Foto: Joédson Alves/Agência Brasil
Home / DESTAQUE / A dura conversa de uma hora entre Lula e Pacheco sobre a MP do PIS/Cofins
terça-feira 11 de junho de 2024 às 10:05h

A dura conversa de uma hora entre Lula e Pacheco sobre a MP do PIS/Cofins

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Em uma conversa de quase uma hora no Palácio do Planalto na tarde desta última segunda-feira (10), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), manifestou segundo Gustavo Maia, da Veja, ao presidente Lula da Silva (PT) sua insatisfação com a medida provisória do PIS/Cofins, editada sem alarde na semana passada, e não descartou devolvê-la — como pressionam a oposição e setores como a indústria e o agronegócio.

Em linhas gerais, o texto muda regras de dedução dos tributos para empresas e é mais uma das tentativas do Ministério da Fazenda de compensar as perdas com a desoneração fiscal da folha de pagamento e e fazer aumentar a arrecadação federal.

Pacheco externou o descontentamento pelo fato de o governo querer tratar desse tema por meio de uma MP sem respeitar a chamada “noventena” — princípio da anterioridade que determina a cobrança do tributo somente depois 90 dias após a publicação da lei que o instituiu ou aumentou.

O presidente do Congresso também relatou a Lula a queixa do setor produtivo de se deparar com essa situação da noite para o dia, o que poderia configurar um vício de constitucionalidade.

O senador afirmou ainda que deverá tomar uma decisão sobre a MP até amanhã e apontou que há um esforço no Congresso para chegar a uma medida que compense a desoneração.

Veja também

Pesquisadores ouvem comunidades sobre avanço da água salgada no São Francisco

Agentes da Embrapa promoveram, na última quarta-feira (19), em Brejo Grande, Sergipe, uma reunião para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!