domingo 19 de setembro de 2021
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Vereador denuncia prefeita ao MP-BA por irregularidades
quinta-feira 2 de maio de 2019 às 13:19h

Vereador denuncia prefeita ao MP-BA por irregularidades

JUSTIÇA


Ministério Público abriu inquérito civil para investigar as provas apresentadas pelo vereador denunciante

Diversas denúncias recaem sobre a gestão da prefeita do município de Itiruçu, Lorenna Di Gregorio (PRB). Após acusações que já estão sendo investigadas pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), protocoladas pelo vereador Roberto Silva (PSL), que acusa o secretário de transporte do município de utilizar veículos com placas ‘frias’, ou seja, registro falsos. Ainda na denúncia documentos afirmam que os também não estão mais prestando serviços ao município, e por isso, não podem contabilizar gastos com combustível.

O Ministério Público abriu inquérito civil para investigar as provas apresentadas ao que o vereador denunciante chamou de “Petrolinho de Itiruçu”. A Denúncia também foi protocolada ao Tribunal de Contas dos Municípios.

Segundo o Itiruçu Online, o vereador utilizou a tribuna da Câmara Municipal na última segunda-feira (29), aproveitando para denunciar e apresentar provas fornecidas pelo município ao Tribunal de Contas. De acordo as denúncias, o município usava um veículo caçamba para justificar abastecimento, mesmo o veículo não prestando serviços ao município e ter sido levada ao desmanche no ano de 2017, sendo fornecidos dados de abastecimentos até fevereiro de 2019. O mais agravante na denúncia do vereador é que, o proprietário do veículo informado não era prestador de serviços do município. Outro ponto denunciado foi o abastecimento de uma Ambulância que estava parada e sem condições de uso e, mesmo assim, sendo contabilizado o abastecimento pelo município. De acordo com o vereador, a ambulância rodou em dezembro de 2018 a quilometragem de 839 km.

Veja também

Senador aciona STF para obrigar Alcolumbre a pautar sabatina de André Mendonça

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entrou, nesta quinta-feira (16), com mandado de segurança no Supremo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!