segunda-feira 25 de outubro de 2021
Foto: Reprodução
Home / CURIOSIDADES / Tsunami: Especialistas consultados pela Codesal explicam sobre possibilidade de ‘grandes ondas’ atingirem o Brasil
quinta-feira 16 de setembro de 2021 às 19:26h

Tsunami: Especialistas consultados pela Codesal explicam sobre possibilidade de ‘grandes ondas’ atingirem o Brasil

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS


Especialistas consideram remota a chance de um tsunami atingir o Brasil. Nesta quinta-feira (16) o Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico das Ilhas Canárias (Pevolca) alertou que um vulcão nas Ilhas Canárias entrou em estado de alerta e sua erupção explosiva poderia causar um tsunami no Brasil.

Segundo especialistas ouvidos pela Defesa Civil de Salvador, Codesal, a suposição não tem base científica. Segundo o titular do departamento de Oceanografia do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia, professor José Maria Landim Domiguez, o possível tsunami não passa de especulação, pois a atividade vulcânica não gera o fenômeno, mas sim o deslocamento do solo.

“Para que ocorresse um tsunami de grande magnitude, isso no pior dos cenários, seria necessário que, em função da atividade vulcânica, parte do arquipélago escorregasse para o mar, o que geraria uma onda de grandes proporções que se propagaria para o oceano”, explicou.

Já o meteorologista da Codesal, Giuliano Carlos Nascimento, explica que a ocorrência de tsunamis tem relação com o deslocamento de placas tectônicas, sendo que não há condições propícias para o fenômeno, caso ocorra, atinja Salvador. De acordo com ele, os países latino-americanos, situados na costa do Oceano Pacífico, a exemplo do Chile, têm maior probabilidade de serem atingidos pelo fenômeno.

Alerta: Vulcão capaz de gerar grande tsunami pode atingir Salvador e litoral da Bahia

Veja também

Vídeo: Ativistas climáticos colam as mãos no asfalto com cola instantânea; ao menos 52 foram presos

Centenas de ativistas realizaram em Londres (Reino Unido), na manhã desta segunda-feira (25), um protesto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!