segunda-feira 20 de setembro de 2021
Foto: Reprodução
Home / NEGÓCIOS / Setor produtivo baiano quer debater ferrovia
sábado 13 de fevereiro de 2021 às 07:14h

Setor produtivo baiano quer debater ferrovia

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


As observações formuladas pela presidência da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) surtiram efeito no sentido de despertar as principais entidades do setor produtivo baiano para a questão da concessão da Ferrovia Centro Atlântica S/A.

Conforme a coluna Tempo Presente do A Tarde, o objetivo, afirmam os dirigentes, é atender à necessidade de aprimorar os estudos efetivados para a prorrogação do contrato, reivindicando, assim, a extensão do prazo para escutar as demandas da sociedade baiana até o dia 5 de abril.

As federações do Comércio, Bens e Serviços; das Indústrias do Estado da Bahia; e da Agricultura e Pecuária uniram-se para enviar um ofício único solicitando mais tempo para discussão do tema à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O documento, assinado por Carlos Andrade, Ricardo Alban e Humberto Miranda, visa viabilizar maior possibilidade de debate, devido à relevância da via férrea para a logística, no transporte de minérios, frutas e outras riquezas extraídas e produzidas na Bahia.

A renovação da concessão passou a preocupar os dirigentes depois das dificuldades evidenciadas pelo atendimento considerado precário às necessidades de desenvolvimento do estado.

– As instituições pedem a prorrogação do prazo de consulta à sociedade, sobre a renovação da Concessão da Ferrovia Centro Atlântica S/A, de modo a compatibilizar as necessidades dos setores produtivos do estado da Bahia – afirmam os signatários.

O documento diretamente endereçado ao diretor-presidente da ANTT, Marcelo Vinaud Prado, revela a preocupação das principais lideranças da economia do estado, sem emitir juízo de valor sobre o desempenho da concessionária interessada em renovar a outorga.

Veja também

Mortes por Covid nos EUA são de pessoas não vacinadas, diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou neste último sábado (19) que as mortes recentes …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!