terça-feira 16 de julho de 2024
Foto: Valter Pontes / Secom PMS
Home / DESTAQUE / Salvador ganha espaço ‘SebraeEcos’ para estimular negócios na capital baiana
terça-feira 24 de outubro de 2023 às 12:47h

Salvador ganha espaço ‘SebraeEcos’ para estimular negócios na capital baiana

DESTAQUE, NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


Salvador ganhou nesta terça-feira (24) uma nova estrutura para fortalecer o ambiente de empreendedorismo inovador e sustentável na capital baiana. A Prefeitura e o Sebrae Bahia entregaram o SebraeEcos, espaço localizado ao lado do Centro Municipal de Inovação Colabore, no Parque da Cidade, que vai estimular o desenvolvimento de negócios de alto impacto social e ambiental, tendo como público-alvo micro e pequenas empresas. O prefeito Bruno Reis (União Brasil) participou da inauguração ao lado de Jorge Khoury, superintendente do Sebrae Bahia, e de gestores municipais.

Foto: Valter Pontes / Secom PMS

Por meio do SebraeEcos, os donos de micro e pequenos negócios terão acesso a soluções relacionadas a sustentabilidade por meio de consultorias, cursos, oficinas e workshops com conteúdos sobre os temas: Diagnóstico ESG; Eco Compliance para Micro e Pequenas Empresas; Licenciamento Ambiental; Melhoria da Eficiência Energética; Redução de Desperdício nos Pequenos Negócios; Responsabilidade Social in Company; Diagnóstico de Eficiência Energética; Sustentabilidade Aplicada aos Pequenos Negócios, entre outros.

“Aqui, os pequenos empreendedores vão aprender sobre a reutilização de água, sobre energias renováveis para que também possam utilizar energia solar, vão entender sobre os princípios da economia circular, entre outros temas. Com isso, podemos reduzir o custo de operação deles e fazer com que os seus negócios sejam mais vantajosos e, assim, a gente promove o incremento de renda dos MEI’s e empreendedores de nossa cidade”, disse Bruno Reis.

O prefeito lembrou que as pequenas e médias empresas são as principais empregadoras de Salvador. “Então, essa é mais uma parceria da Prefeitura com o Sebrae para ajudá-los. Já temos outras, como o Espaço Colabore e o Polo de Economia Criativa. A gente sabe que o Sebrae tem essa capacidade de estimular, de orientar, de ajudar os pequenos e médios empreendedores, uma atividade que conta muito com esse apoio e com esse suporte do Sebrae”, completou o gestor municipal.

Conceito

O SebraeEcos foi construído com materiais sustentáveis, utilizando bioconstrução e o reaproveitamento de contêineres. São dois módulos, com pergolado metálico com plantas, pavimento permeável, paredes com revestimento de bambu, caminho com pedras naturais, jardim com área de preservação e bancos coloridos em referência aos casarões do Pelourinho. As instalações fazem uso de energia renovável através de painéis fotovoltaicos, além de teto verde, unidade de demonstração de reuso de água, totens interativos, mesas e quadros informativos.

Foto: Valter Pontes / Secom PMS

O SebraeEcos funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, aberto para atendimento ao público e também com programação de palestras, oficinas e capacitações, com diversas ações subsidiadas e gratuitas. O equipamento é um complemento ao trabalho de inovação do SebraeLab no Colabore e tem como referência o Centro Sebrae de Sustentabilidade em Mato Grosso, com a ideia de fomentar que o pequeno negócio contribua para um futuro mais sustentável e equilibrado.

“O micro e pequeno empresário muitas vezes pensa que a sustentabilidade não é para ele, pensa que é para o grande. Então, o papel do Sebrae é justamente mostrar que ele também pode. Mostrar tudo o que ele pode fazer pela questão ambiental, mas também por ele mesmo. Quando o empreendedor está fazendo um trabalho para a sustentabilidade, ele pode também abrir uma oportunidade para ele. Entender que, por exemplo, os rejeitos da atividade dele não são lixo, podem ser reaproveitados, podem ser consorciados e também virar uma atividade de renda”, explicou Jorge Khoury.

Compromisso

A Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Resiliência e Bem-Estar e Proteção Animal (Secis) foi responsável pela parceria com o Sebrae. O diretor de resiliência da pasta, Uelber Reis, falou que a Secis vai desenvolver três projetos junto ao SebraeEcos: um voltado para agroecologia, outro para a captação de 50 empresas que desenvolvam projetos sustentáveis para Salvador e um terceiro de assessoramento para fornecedores de blocos, trios e camarotes do Carnaval.

“Neste terceiro projeto, vamos fazer a assessoria de fornecedores que atendem blocos, trios e camarotes do Carnaval para que eles entendam como podem ser mais resilientes, mais sustentáveis, como podem contribuir melhor com a cidade para frear as mudanças climáticas, como podem incorporar em suas contratações pessoas respeitando equidade de gênero, de raças, enfim, uma série de trabalhos que podemos fazer pelo Carnaval de Salvador para torná-lo mais sustentável”, citou Uelber Reis.

Veja também

Flávio Bolsonaro minimiza áudio do pai discutindo investigação contra ele

Após o ministro Alexandre de Moraes determinar a divulgação do áudio em que Jair Bolsonaro …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!