domingo 21 de julho de 2024
Foto: Jefferson Peixoto/Secom PMS
Home / NOTÍCIAS / Sábado da Vacina: Salvador terá 45 pontos de aplicação de imunizantes contra Covid, poliomielite, gripe e dengue
sábado 15 de junho de 2024 às 04:57h

Sábado da Vacina: Salvador terá 45 pontos de aplicação de imunizantes contra Covid, poliomielite, gripe e dengue

NOTÍCIAS, SAÚDE


A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) segue com a aplicação das vacinas contra Covid XBB e Influenza (gripe) neste sábado (15), em 45 pontos de Salvador. A ação visa proteger os cidadãos contra estas doenças principalmente às vésperas da chegada do inverno e dos festejos juninos, que geram aglomeração, e também incluirá os imunizantes contra poliomielite (paralisia infantil) e dengue.

As equipes estarão presentes nos 12 distritos sanitários, em unidades de saúde, shoppings, Home Center, igreja e no programa Saúde nos Bairros. A lista pode ser consultada no site da SMS, no endereço www.saude.salvador.ba.gov.br.

De acordo com as estratégias, os públicos-alvo são: Poliomielite – Vip e Vop para crianças de 2 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias; Dengue – para crianças e pré-adolescentes de 10 a 14 anos; Influenza/gripe – para os grupos prioritários e a população geral a partir de 6 meses de idade. Tanto a vacina contra gripe para crianças menores de 12 anos, quanto o imunizante contra a dengue são aplicados exclusivamente nos postos de saúde. Para se vacinar é preciso apresentar documento de identificação com foto e Cartão SUS.

Formam os grupos prioritários para a Vacina Covid XBB as pessoas de 60 anos ou mais; pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILPI e RI) e seus trabalhadores; pessoas imunocomprometidas; indígenas, ribeirinhos e quilombolas; gestantes e puérperas; trabalhadores da saúde; pessoas com deficiência permanente; pessoas com comorbidades; pessoas privadas de liberdade (≥ 18 anos) e funcionários do sistema de privação de liberdade; adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas; e pessoas em situação de rua.

A coordenadora de imunização da SMS, Doiane Lemos, destaca que estar vacinado para o período de chuvas e festas populares é imprescindível. ”O São João e o inverno, que acontecem na mesma época do ano, são dois fatores que contribuem para a maior circulação dos vírus. A vacina é a ferramenta mais eficaz que temos para evitar o contágio e para diminuir os sintomas das doenças, evitando mortes que são preveníveis justamente porque temos imunizantes com a eficácia comprovada”, declara.

Veja também

Governo Milei expõe grave fraude na Argentina envolvendo pensões durante gestões anteriores; entenda

O recente governo argentino liderado por Javier Milei trouxe à luz uma série de irregularidades e fraude …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!